Novo Caoa Chery Tiggo 5X Pro: visual e câmbio novos, painel de Land Rover

SUV passará por uma segunda reestilização no Brasil apenas três anos após chegada, mas desta vez com grife premium para conviver com modelo atual
Por Leonardo Felix
10.06.2021 às 15h:32 • Att. há 15 dias
SUV passará por uma segunda reestilização no Brasil apenas três anos após chegada, mas desta vez com grife premium para conviver com modelo atual

O Caoa Chery Tiggo 5X é o atual carro mais vendido da operação no Brasil, com cerca de 850 emplacamentos mensais registrados, em média, nos cinco primeiros meses de 2021. O SUV chegou ao mercado no fim de 2018, mas já no ano passado passou por uma leve reestilização de meia vida, incorporando um novo desenho a faróis e para-choque frontal.

Quem acompanha o mercado automobilístico internacional sabe, porém, que na China o Tiggo 5X já passou por uma segunda reestilização, adotando a identidade visual “Life in Motion 3.0” debutada em nosso país pelo primo menor Tiggo 3X este mês. E essa mudança deve estrear em nosso mercado ainda este ano.

Confira o valor do seu carro na Tabela Fipe

SUV passará por uma segunda reestilização no Brasil apenas três anos após chegada, mas desta vez com grife premium para conviver com modelo atual

Flagras feitos pelo colega Renato Aspromonte, do @overboostbr, em Jundiaí (SP), mostram um protótipo do Tiggo 5X renovado em testes de homologação. Apesar da camuflagem zebrada, é possível observar nos traços dianteiros a grade hexagonal sem o friso cromado ao centro, como no novo Tiggo 5X chinês. A base do para-choque também ficará diferente. Só o desenho dos faróis permanecerá igual.

SUV passará por uma segunda reestilização no Brasil apenas três anos após chegada, mas desta vez com grife premium para conviver com modelo atual

Os colegas da Quatro Rodas informam que o novo Tiggo 5X não terá novidades apenas estéticas. Sob o cofre, o motor 1.5 quatro-cilindros 16V turboflex TCi (sem injeção direta) de 150 cv trocará o polêmico câmbio automatizado de dupla embreagem e seis marchas com caixa seca, uma atualização do problemático PowerShift da Ford, pelo CVT com simulação de nove marchas de Arrizo 5, Arrizo 6 e Tiggo 3X.

Leia também: Novo Kia Sportage é salada visual que te faz confundir faróis com grade

SUV passará por uma segunda reestilização no Brasil apenas três anos após chegada, mas desta vez com grife premium para conviver com modelo atual

Caoa Chery grife Pro

No lançamento do Tiggo 3X, nossa reportagem conversou com o presidente da Caoa Chery, Marcio Alfonso, que afirmou que a estratégia adotada com o Tiggo 3X em relação ao Tiggo 2 será replicada em outros modelos da gama. “A ideia é lançar toda uma linha de produtos com a grife Pro, um pouco mais sofisticados e com ar premium”, contou o executivo.

SUV passará por uma segunda reestilização no Brasil apenas três anos após chegada, mas desta vez com grife premium para conviver com modelo atual

Um dos SUVs a passar por isso será o Tiggo 8 Pro, como a Mobiauto revelou em primeira mão há três meses. O projeto, que chamamos inicialmente de Tiggo 8 Plus, como é conhecido na China, deve então receber o sobrenome Pro no Brasil, igual na Rússia, para se posicionar acima do atual Tiggo 8 na faixa de R$ 200.000.

Leia também: Por que os carros elétricos atuais não estão matando a grade frontal

Tiggo 5X Pro e Tiggo 5X: gêmeos não idênticos

SUV passará por uma segunda reestilização no Brasil apenas três anos após chegada, mas desta vez com grife premium para conviver com modelo atual

O mesmo tende a acontecer com o Tiggo 5X: o SUV com visual renovado, trem de força atualizado e outras novidades tecnológicas – que explicaremos logo abaixo – deve entrar para a grife Pro entre o fim deste ano e o começo do próximo. Conviverá, pois, com o Tiggo 5X atual, que seguirá em linha numa faixa de preço mais camarada.

SUV passará por uma segunda reestilização no Brasil apenas três anos após chegada, mas desta vez com grife premium para conviver com modelo atual

Atualmente, o SUV é vendido em versão única de acabamento, TXS, por R$ 122.990. O gêmeo não idêntico com sobrenome premium chegaria para ocupar a faixa entre R$ 130.000 e R$ 150.000, empurrando a etiqueta do Tiggo 7 para acima de R$ 150.000. 

SUV passará por uma segunda reestilização no Brasil apenas três anos após chegada, mas desta vez com grife premium para conviver com modelo atual

Há uma boa margem para essa manobra, visto que o Tiggo 8 só sai da loja por R$ 181.990 e os rivais diretos do Tiggo 7, Jeep Compass T270 flex, Toyota Corolla Cross e VW Taos, já estão se aproximando dos R$ 200.000. 

Leia também: Avaliação: VW Taos tem bala na agulha contra o líder Jeep Compass?

SUV passará por uma segunda reestilização no Brasil apenas três anos após chegada, mas desta vez com grife premium para conviver com modelo atual

Voltando a falar do Tiggo 5X Pro, a traseira deve ser mantida tal como hoje, mas o SUV pode ganhar novas rodas e o acabamento interno passará por uma dose de atualizações, como por exemplo o quadro de instrumentos parcialmente digital de 7 polegadas com resolução melhorada em relação ao modelo atual. 

SUV passará por uma segunda reestilização no Brasil apenas três anos após chegada, mas desta vez com grife premium para conviver com modelo atual

O volante com novos raios, cubo central e de base achatada virá herdado do Tiggo 3X, enquanto a central multimídia flutuante de 9” será presente do Tiggo 8, assim como os comandos do ar-condicionado através de uma tela digital com dois seletores giratórios no topo do console central, em clara imitação aos novos SUVs da Land Rover. O console, aliás, passará a ser elevado e contará com uma nova manopla de câmbio.

Leia também: Novo VW Polo, Polo Track e Virtus: entenda como deve ficar a gama

SUV passará por uma segunda reestilização no Brasil apenas três anos após chegada, mas desta vez com grife premium para conviver com modelo atual

Ofensiva para se consolidar no top 10

Em meio a ter superado a Ford e enfim entrado no grupo das dez marcas automotivas mais populares no Brasil em maio, a Caoa Chery intensificou o ritmo de entrega de novos produtos no Brasil. O objetivo é se consolidar cada vez mais como uma das fabricantes de peso no mercado nacional.

No fim do ano passado, a operação tinha a meta de lançar cinco carros no país em 2021. O primeiro deles foi o Tiggo 3X, já avaliado pela Mobiauto, que chegou com um peculiar motor 1.0 turbo sem injeção direta de 98/102 cv e 16,8/17,1 kgfm (gasolina/etanol) para se posicionar entre Tiggo 2 e Tiggo 5X na faixa entre R$ 100.000 e R$ 110.000.

Leia também: Ford Maverick reencarna como picape urbana híbrida que faz 17 km/l


A marca ainda não sabe se conseguirá cumprir o objetivo integralmente, porque a crise de oferta de semicondutores tem atrapalhado a vida de todas as montadoras instaladas nacionalmente.

Todavia, a partir de agora o foco será em modelos de maior valor agregado. No segundo semestre, além do Tiggo 5X Pro, a empresa pretende apresentar o Caoa Exeed LX, SUV médio que marcará a estreia da submarca de luxo da Chery em nosso território. Este deve custar cerca de R$ 250.000 e quer briga com rivais de Audi, BMW e Mercedes-Benz. 

Já no primeiro semestre do ano que vem deve aportar o primeiro modelo híbrido da aliança, mas ainda não se sabe se será da Chery ou da marca de luxo Exeed.

Você também pode se interessar por:

Caoa Chery Tiggo 8 Plus híbrido faz 80 km/l e tem câmbio revolucionário
Comprar um Caoa Chery vale a pena? Quem comprou responde
Avaliação: Caoa Chery Tiggo 8 é mesmo a 8ª maravilha do mundo?
Caoa fará 10 novos carros de Chery, Hyundai e Exeed no Brasil. Veja quais
Os 10 SUVs flex mais econômicos do Brasil

Caoa Chery Tiggo 5X ProCaoa Chery Tiggo 5XNovo Caoa Chery Tiggo 5Xcarro SUVSUV turboSUV flexSUV compactonovo SUV Caoa CheryCaoa Chery Pro

Comentários