Exclusivo: novo VW Polo nacional será igual o europeu... só na frente

Projeto de reestilização de meia vida do hatch compacto brasileiro não prevê adoção das lanternas traseiras estilo Golf Mk8. Entenda como ele será
LF
Por
20.05.2021 às 20:30
Projeto de reestilização de meia vida do hatch compacto brasileiro não prevê adoção das lanternas traseiras estilo Golf Mk8. Entenda como ele será

A VW prepara um trio de novos produtos para se fortalecer no mercado de carros compactos no Brasil em 2022. Dois deles nós antecipamos esta semana como serão: o novo Virtus, que receberá o conjunto óptico dianteiro do Nivus, e o Polo Track, candidato a roubar de Fox e Gol o trono de carro de entrada da marca no país e na América do Sul.

Falta o terceiro elemento da peça, o novo Polo, já reestilizado na Europa, mas que aguardará cerca de um ano a mais para dar as caras em nosso mercado, no primeiro semestre do ano que vem, já como ano-modelo 2023. Em parceria com o @overboostbr e @decaronacomleandro, antecipamos nestas projeções como deve ficar o visual do modelo.

Anuncie seu carro sem pagar na Mobiauto

De frente, focinho do outro

Projeto de reestilização de meia vida do hatch compacto brasileiro não prevê adoção das lanternas traseiras estilo Golf Mk8. Entenda como ele será
Novo Polo europeu inspirará quase toda o desenho da dianteira do nosso novo Polo

Como se pode ver na imagem de abertura deste artigo, a frente do novo Polo brasileiro deve ser quase idêntica à do homônimo renovado no Velho Continente. Porém, o para-choque receberá uma tomada de ar inferior mais simples, apenas com as duas barras horizontais intermediárias destacadas em cromado. As demais serão em preto fosco, formando uma tomada de ar com divisórias quadriculadas.

Os faróis terão o mesmo formato, ficando mais finos na parábola interna, e deverão ser sempre de LED. Porém, o uso dos projetores inteligentes IQ Light, que estrearão no Brasil através do Taos, só ocorrerá – se acontecer – na versão esportiva GTS. De resto, o conjunto será do tipo Ecoled, como no Nivus.

Leia também: Golpe de “80 anos da Toyota” finge te dar Corolla para roubar seus dados

E a grade iluminada? Ela, que também fará seu debute em nosso mercado a partir do Taos, estará presente no novo Polo, porém deve ficar restrita às versões GTS e Highline. As demais opções devem trazer uma barra cromada ou preta no lugar.

De costas, o velho Polo

Projeto de reestilização de meia vida do hatch compacto brasileiro não prevê adoção das lanternas traseiras estilo Golf Mk8. Entenda como ele será
Projeção revela nossa aposta sobre como ficará a traseira do novo Polo brasileiro

No fim, a maior surpresa do novo Polo brasileiro estará na traseira, mas não porque ela passará por alguma revolução. Pelo contrário: ela ignorará as novas lanternas bipartidas inspiradas no Golf Mk8 do Polo gringo, mantendo as peças atuais. Pelo menos elas devem ganhar guias de LED.

Já o para-choque do nosso hatch imitará o do Polo europeu, sendo outro elemento de mudança visual no balanço de trás do veículo. Outras novidades serão a aplicação do nome do hatch na tampa do porta-malas e do novo logotipo da VW, assim como na grade.

Leia também: Ford F-150 Lightning, a picape tão elétrica que até gera energia para uma casa

Isso significa que a parte de aço da tampa do porta-malas não mudará e que, portanto, nem o novo Polo nem o novo Virtus brasileiros terão modificações de estamparia, o que demandaria novas modelagens para recorte dos metais e acarretaria maiores custos de desenvolvimento.

Motorização e equipamentos

Projeto de reestilização de meia vida do hatch compacto brasileiro não prevê adoção das lanternas traseiras estilo Golf Mk8. Entenda como ele será
Da traseira do europeu, o Polo nacional deve herdar só o para-choque e a grafia do nome logo abaixo do novo logotipo da VW

A lista de motorização deve incluir: motor 170 TSI (1.0 turboflex de 101/105 cv e 16,7/16,8 kgfm) com câmbio manual nas versões de entrada; especificação 200 TSI (mesma usina, mas com 116/128 cv e 20,4 kgfm) automática nas intermediárias; 250 TSI (1.4 turboflex de 150 cv e 25,5 kgfm) automática na GTS (que, no Virtus, deve receber outra roupagem, como a R-Line).

Leia também: Comprar um Caoa Chery vale a pena? Quem comprou responde

Internamente, o painel será atualizado com um novo quadro de instrumentos digital de 8 polegadas, que deve servir a todas as versões exceto Highline e GTS. Estas manterão o cluster de 10,25”. O volante será o do Nivus, assim como a central multimídia VW Play, já adotada pelo Polo atual na linha 2022.

A chegada do novo Polo deve acontecer durante o primeiro semestre de 2022, provavelmente algum tempo depois da chegada do Virtus renovado, ao longo do segundo trimestre. Os preços devem ficar entre R$ 80.000 e R$ 100.000 nas configurações 1.0 TSI, chegando a R$ 120.000 na GTS.

 

Você também pode se interessar por:

Cinco qualidades do VW Up! que nenhum outro carro popular teve
VW Tiguan ficará assim para encarar Jeep Commander e Tiggo 8 Plus
Como funciona a manutenção de um carro blindado
Como nova Chevrolet Montana terá porte de Toro usando cabine do Tracker

novo vw polo
vw polo 2023
vw polo mini-golf
carro hatch
hatch compacto
hatch esportivo
hatch turbo
vw polo 200 tsi
vw polo 170 tsi

Comentários