Novo VW Virtus: como fica o sedan com a frente do Polo 2022 europeu

Projeção do @overboostbr imagina o sedan renovado com o mesmo padrão visual do novo Polo apresentado recentemente na Europa
Por Leonardo Felix
14.05.2021 às 19h:18 • Att. há cerca de 1 mês
Projeção do @overboostbr imagina o sedan renovado com o mesmo padrão visual do novo Polo apresentado recentemente na Europa

Muitos rumores e informações desencontradas permeiam a reestilização de meia vida pela qual o Polo e o irmão gêmeo Virtus passarão no Brasil em 2022. O hatch já foi renovado na Europa e espera-se que siga o mesmo caminho visual em nosso mercado. No entanto, as mudanças só devem ser aplicadas no ano que vem, como modelo 2023.

Mas e o Virtus? Esperará o Polo para receber o facelift ou será renovado antes? Adotará a mesma dianteira inspirada no Golf 8 ou seguirá um caminho próprio? Essas muitas perguntas só devem ser respondidas com clareza nos próximos meses, quando os primeiros protótipos do hatchback e do sedan com facelift começarem a sair da toca em nosso país.

Anuncie seu carro sem pagar na Mobiauto

Até lá, resta-nos apenas os exercícios de imaginação. E o colega Renato Aspromonte, do @overboost, preparou uma projeção mostrando como ficaria o Virtus 2023 utilizando a dianteira do novo Polo europeu.

Já a traseira, na visão do desenhista, mudará pouco, com alterações restritas à aplicação de guias de LED nas lanternas, o nome do modelo grafado logo abaixo do nicho de placa e um novo aplique na base do para-choque, incluindo duas faltas saídas duplas de escape. 

É uma aposta parecida com a que a Mobiauto faz para o futuro do modelo. E aí, o que achou dessa proposta para o novo Virtus? Faria sucesso?

Leia também: Avaliação: Fiat Toro 2022, o que melhorou e o que deveria ter melhorado

Projeção do @overboostbr imagina o sedan renovado com o mesmo padrão visual do novo Polo apresentado recentemente na Europa

O que muda, de fato

O Virtus é um projeto voltado à América Latina, por isso não apareceu junto com o Polo reestilizado na Europa. Na linha 2022, o sedan produzido em São Bernardo do Campo (SP) acompanhou a única novidade aplicada ao Polo nacional na virada de ano-modelo: herdou a central multimídia VW Play estreada pelo Nivus no ano passado.

Para o ano que vem, a expectativa é que o Virtus receba um facelift junto com o Polo brasileiro, mas ainda não se sabe se ele seguirá com a frente idêntica à do irmão ou se receberá um estilo visual próprio.

Leia também: Caoa Chery Tiggo 3X terá duas versões a partir de R$ 100.000 

O certo é que o três-volumes manterá a plataforma MQB A0 e a carroceria, com retoques a serem aplicados em para-choque, grade e faróis dianteiros, além do para-choque traseiro. Por dentro, deve receber novas peças de acabamento interno e novas tecnologias a bordo, como o controle de cruzeiro adaptativo e a frenagem autônoma emergencial do Nivus.

Já a motorização não deve mudar: a versão de entrada deve seguir com o propulsor 1.6 MSI 16V flex de 110/117 cv e 15,8/16,5 kgfm (gasolina/etanol), aliado ao câmbio automático de seis marchas da Aisin. Tal opção tem forte apelo entre frotistas, em especial taxistas.

Já as configurações de topo, Comfortline e Highline, manterão o chamado motor 250 TSI, um 1.0 turboflex 12V de 116/128 cv e 20,4 kgfm. Resta saber se a VW bancará a sobrevida da versão GTS, que registra apenas um quarto do volume de vendas do Polo GTS. 

Você também pode se interessar por:

VW Polo Track: como deve ser o substituto de Gol, Fox e Up!
VW Tiguan ficará assim para encarar Jeep Commander e Tiggo 8 Plus
Como funciona a manutenção de um carro blindado
Como nova Chevrolet Montana terá porte de Toro usando cabine do Tracker

VW VirtusVolkswagen VirtusNovo VW VirtusVW Virtus 2023VW Virtus reestilizadoVW Virtus com cara do Polo europeucarro sedansedan compactosedan turbo

Comentários