Cinco viagens rápidas de carro para fugir de São Paulo em feriados

Praia ou cachoeira? Cinco destinos próximos a São Paulo para passar o feriado.
Por Camila Torres
21.01.2021 às 20h:36 • Att. há cerca de 1 mês
Praia ou cachoeira? Cinco destinos próximos a São Paulo para passar o feriado.

Quem mora em São Paulo capital sempre fica ansioso pelo próximo feriado, só para poder dar uma fugidinha desse caos tão amado e odiado que é essa cidade. E uma coisa que paulistano gosta é de viajar de carro: as filas quilométricas de engarrafamento rumo à praia ou cidades do interior comprovam isso.

Pensando em quem está cansado de escolher sempre o mesmo destino, separamos cinco lugares cujo trajeto leva até quatro horas (sem trânsito) saindo da capital. Todas as opções envolvem atrações com água. Afinal, seja doce ou salgada, mergulhar é um belo relaxamento. 

Leia também: Como o aumento do ICMS afetará os preços dos carros

Sabemos que quem mora em São Paulo nunca tem muito tempo sobrando, por isso deixamos de fora alguns destinos que são encantadores e renderiam uma viagem de carro inesquecível, mas que só valem a pena se o viajante tiver mais dias disponíveis para aproveitar. 

Agora chega de conversa, porque o que nós gostamos mesmo é de colocar o pé na estrada. Então, pode separar protetor solar, um par de sapatos confortáveis, uma playlist com suas músicas preferidas para ouvir na estrada, e escolher qual será sua próxima viagem de carro para fugir de São Paulo no próximo feriado prolongado.  

Cinco viagens que você pode fazer de carro “perto” de São Paulo: quanto custa e o que fazer

*Os preços foram calculados com base no site Mapeia, com o consumo do Honda HR-V 1.5 Turbo, que faz 12,6 km/litro na estrada abastecido com gasolina. Para fazer o cálculo com base no consumo do seu carro, basta clicar no nome do site. 

Ubatuba (SP)

Praia ou cachoeira? Cinco destinos próximos a São Paulo para passar o feriado.

Gastos com transporte (ida e volta): R$ 184,40
Tempo (ida): 3h10
Distância (ida): 232 km
Gastos com combustível (ida e volta): R$ 154,40
Gastos com pedágio (ida e volta): R$ 30,00

No litoral norte de São Paulo, quase divisa com o Rio de Janeiro, Ubatuba conta com mais de 100 praias em seus 100 quilômetros de extensão, sendo um paraíso para todos os gostos. 

Quem acha que o Rio de Janeiro leva vantagem em relação a São Paulo por conta das praias precisa conhecer algumas das belezas de Ubatuba. Aqui tem prédio, mas também tem praia de areia branca e mar azul.

Leia também: Quais os melhores carros para viajar? Sete modelos bons de estrada

Como diz o ditado: “gosto não se discute”, mas quem está aberto a sugestões, as praias do lado norte de Ubatuba me parecem mais atraentes e diversificadas. 

Abaixo separamos desde praias em que o mar parece uma piscina, de tão tranquilo, até as de mar agitado para boas horas de surfe. Lembrando que há outras praias magnificas na região que não foram citadas aqui.

Praia do Félix: é um bom lugar para ver o dia passar deitado na areia. Cercada pela mata atlântica, areia branca e o mar entre o azul e o verde, é possível se sentir em um pedacinho do paraíso.

Leia também: 5 Principais diferenças entre SUV e crossover

Praia da Concha: com acesso através da praia do Félix, é um recanto charmoso de mar calmo e areia colorida pelas conchinhas dos mais variados tamanhos.

Praia do Português: mais intimista, com mar calmo como um lago, paredões rochosos e coqueiros, essa é outra opção que pode ser acessada pela praia do Félix. É possível conhecer essas três praias no mesmo dia e só à base de caminhada, sem precisar tirar o carro da vaga. 

Praia do Bonete: para quem busca mais exclusividade, uma dose de aventura e beleza hipnotizante, eis aqui uma das melhores opções. Para acessar a praia do Bonete é preciso pegar uma trilha que começa do lado esquerdo da praia Lagoinha. São cerca de 40 minutos de caminhada por dentro da mata atlântica e com trechos à beira-mar.

Praia de Itamambuca: para quem prefere um mar mais agitado, essa praia é palco de competições de surfe nacionais e internacionais. Mas é preciso tomar cuidado com as ondas traiçoeiras. Logo ao lado fica o Rio Itamambuca, para os turistas que quiserem tirar o sal do mar e se banhar em águas doces e mais calmas. 

Leia também: 6 dicas de como economizar na sua viagem de carro

Dica: em época de alta temporada, o valor das diárias dos hotéis aumenta muito, e nem sempre preço mais elevado é sinônimo de qualidade. Então, fique atento aos comentários dos hóspedes nos sites e aplicativos do que na descrição e preço divulgados pelo estabelecimento. 

Em Ubatuba não é muito difícil achar hospedagens tão salgadas quanto a água do mar, mas incrivelmente decepcionantes. Aproveite e dê uma ligadinha antes de fechar a reserva para sentir o nível de hospitalidade dos funcionários. Alugar uma casa também pode ser uma boa opção.

Paraty (RJ)

Praia ou cachoeira? Cinco destinos próximos a São Paulo para passar o feriado.

Gastos com transporte (ida e volta): R$ 228,50
Tempo (ida): 4h10
Distância (ida): 299 km
Gastos com combustível (ida e volta): R$ 198,50
Gastos com pedágio (ida e volta): R$ 30

Paraty é uma cidade cheia de charme e história, um bom lugar de refúgio no Brasil. O casamento entre o encantador centro histórico e as ilhas paradisíacas tornam o lugar apaixonante, o que faz de Paraty um ótimo destino para casais, seja para comemorar uma data especial ou simplesmente passar um fim de semana. 

Centro histórico: composto por casarões coloniais de paredes brancas e portas e janelas coloridas, o cenário remete ao século 19, período que data a arquitetura desses quarteirões tombados pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). Para quem quiser fazer uma pausa, há inúmeras lojinhas, sorveterias e bons restaurantes com peixes deliciosos. 

Ilhas: Paraty é composta por mais de 120 praias e ilhas que variam entre azul e verde. Em dias de sorte é possível ver tartarugas, golfinhos e raridades como orcas. É possível acessá-las por barco (muito recomendado), lancha (preço um pouco salgado) ou por meio de carros e trilhas. Todas as ilhas são verdadeiros pedacinhos do paraíso, mas uma pedida clássica é o Saco do Mamanguá.

Dica: inclua no orçamento da viagem gastos com transporte naval, pois são fundamentais para conhecer as ilhas de Paraty. E sempre negocie o valor dos passeios, pois com certeza você vai conseguir um desconto, ainda mais se estiver em grupo.

Serra Negra (SP)

Praia ou cachoeira? Cinco destinos próximos a São Paulo para passar o feriado.

Gastos com transporte (ida e volta): R$ 128,90
Tempo (ida): 2h15
Distância (ida): 154 km
Gastos com combustível (ida e volta): R$ 101,90
Gastos com pedágio (ida e volta): R$ 27

Serra Negra é um município localizado a cerca de 150 km de São Paulo. O lugar é a pedida certa para quem busca o clima tranquilo de uma cidade do interior para relaxar com a família. Serra Negra também tem muitas atrações que atendem desde crianças até adultos, sendo um lugar de paz e diversão. 

Parque Macaquinhos Turismo: o parque tem diversas atrações e para todas as idades. Há atividades como cavalgada, paintball, parede de escalada, tirolesa, pedalinho, pescaria, quadriciclo, piscina, Stand up, barco e caiaque. A entrada para o parque é gratuita, mas as atrações são pagas individualmente. 

Em alta temporada, o parque abre todos os dias e não apenas nos finais de semana. O Parque Dr. Jovino Silveira e a Represa Santa Lídia, apesar de não terem tantas atrações, são outros bons lugares para visitar em Serra Negra

Teleférico: o passeio é feito em cadeirinhas e dura cerca de 15 minutos. São 1.400 metros de extensão e o ponto final fica a mais de mil metros de altitude: é o Pico da Fonseca, aos pés de uma estátua de 18 metros do Cristo Redentor. 

Lá é possível ter uma vista panorâmica da cidade, digna de cartão postal. Também é possível chegar ao mirante de carro. 

Alto da Serra: para quem quer relaxar e refletir um pouco sobre a vida, precisa ver o pôr-do-sol no Alto da Serra, que tem esse nome por ser o ponto mais alto de Serra Negra. No topo é possível avistar mais de dez cidades vizinhas, com os sons ecoados pela natureza como música de fundo.

Dica: ter o seu próprio meio de transporte em Serra Negra é fundamental para se locomover pelos pontos mais interessantes da cidade, sem precisar ficar preso ao centro. 

Brotas (SP)

Praia ou cachoeira? Cinco destinos próximos a São Paulo para passar o feriado.

Gastos com transporte (ida e volta): R$ 266,40
Tempo (ida): 3h10
Distância (ida): 251 km
Gastos com combustível (ida e volta): R$ 166,60
Gastos com pedágio (ida e volta): R$ 99,80

Brotas é um destino procurado por quem é fascinado por esportes, aventura e água doce. Em um final de semana na cidade é possível fazer trilhas incríveis, saltar de tirolesa, fazer rapel e até canionismo (rapel nas cachoeiras).

Areia que Canta: um cenário deslumbrante para relaxar em meio às águas de uma nascente que brota em cima de um poço, cujo fundo é coberto de pedrinhas de quartzo. Há alguns minutos de carro também é possível experimentar as águas do Parque dos Saltos, que está localizado no Centro Turístico de Brotas.

Eco Parque Cassarova: o parque conta com duas cachoeiras: Cassarova e Quatis, que ficaram conhecidas por serem as mais bonitas de Brotas. No parque também é possível se deslumbrar com a vista do mirante e saborear uma boa comida feita do fogão a lenha. 

Voo do Tarzan: que tal encarar a tirolesa mais alta do Brasil? Um dos principais pontos turísticos de Brotas, mas que nem todos preferem arriscar é a tirolesa Voo do Tarzan, com cinco lances que somam 120 metros de altura (isso mesmo) e 1,8 mil metros de extensão. Depois de tanto relaxar, é bom sentir o sangue correndo novamente nas veias. 

Poços de Caldas (MG)

Praia ou cachoeira? Cinco destinos próximos a São Paulo para passar o feriado.

Gastos com transporte (ida e volta): R$ 274,50
Tempo (ida): 3h20
Distância (ida): 261 km
Gastos com combustível (ida e volta): R$ 176,30
Gastos com pedágio (ida e volta): R$ 98,20

Poços de Caldas é um dos destinos preferidos em Minas Gerais. Além de ter o maravilhoso pão de queijo e doce de leite típicos da região, é conhecida pelos cristais feitos na cidade, que são uma ótima lembrança para trazer para casa. Mas Poços de Caldas não é só isso, pois tem muitos passatempos imperdíveis como: 

Cachoeira Véu das Noivas: o acesso para a cachoeira é fácil e o lugar é uma boa pedida para entrar em contato com a natureza. Cercado de verde e com o som da queda d’água é possível se desligar do mundo facilmente. O teleférico é uma opção charmosa para chegar até a cachoeira apreciando a paisagem. 

Pedra Balão: para quem não resiste a uma bela vista e ótimas fotos, o ponto turístico da Pedra Balão é uma parada obrigatória. Localizado em São Domingos, com aproximadamente dez metros de altura, o monumento foi formado por erosões e, do topo, é possível visualizar um belo cenário. 

Thermas Antônio Carlos: com toque arquitetônico dos anos 1930, é muito procurado por quem busca experimentar as águas termais de Poços de Caldas. O local oferece desde limpeza de pele até serviços de massagem relaxante ou terapêutica, banho de ofurô, sulfuretaria, entre outros. Se a ideia é relaxar, essa parada é obrigatória.

Você também pode se interessar por:

Digital, documento do carro não chegará mais em casa. Como proceder?
Comparativo: vale a pena comprar o novo Versa no lugar do Kicks?
Onde o novo Versa ganha ou perde de Onix Plus e Virtus

Viagem de carroPé na estradaMelhores destinosLugares para viajar perto de São PauloFeriadoViagem
Comentários