O que conferir no carro antes de viajar

Vai viajar? Veja alguns itens do carro que podem ser facilmente revisados em casa.
Por Camila Torres
27.10.2020 às 18h:40 • Att. há 27 dias
Vai viajar? Veja alguns itens do carro que podem ser facilmente revisados em casa.

Para uma viagem de carro que deixe boas lembranças da estrada, é preciso conferir algumas coisas no veículo antes de sair de casa. Assim, diminui-se (muito) a probabilidade de acabar parado no acostamento esperando o guincho. 

Já pensou ter sua viagem interrompida porque faltou água no radiador, o que acabou fazendo o motor fundir? Pois é, muitos motoristas acabam parados na estrada esperando o guincho por um problema que poderia ser facilmente evitado. 

Confira online mais de 150 mil ofertas de carros

Abaixo fizemos uma lista do que revisar no carro antes de qualquer viagem, independente da distância, duração e tipo de estrada. Lembrando que os motoristas que não forem tão entendidos de carro, podem levar o automóvel até uma oficina de confiança para fazer uma revisão geral. 

Para não gastar mais do que o necessário, deixe claro para o mecânico que quer revisar apenas o que for preciso para fazer uma viagem segura e sem interrupções por problemas no carro. Vamos aproveitar para inserir também alguns documentos que devem ser revisados para evitar problemas com a polícia na estrada.

Leia também: Chevrolet Silverado, Ram 1500 e Ford F-150: picapes grandes vêm ao Brasil?

7 Itens mecânicos que podem ser facilmente revisados em casa antes da viajar

1. Fluido do radiador

Falta de água no radiador e não estar em dia com o licenciamento são algumas coisas que deixam muitos motoristas parados no acostamento.

O fluido no radiador é o que ajuda a equilibrar a temperatura do motor. O mais recomendado é que você peça para o mecânico preencher o recipiente com a quantidade necessária de líquido refrigerante quando levar o carro para a revisão antes da viagem.

Para quem quer fazer por conta, encontrar o reservat´prio sob o capô é fácil. Depois, basta colocar o fluido até o nível indicado. Mas atenção: evite fazer isso logo depois que desligar carro, pois a tampa do reservatório pode estar quente. 

Além disso, fabricantes costumam recomendar a inclusão de líquidos aditivos específicos e não apenas de água, pois estes possuem detergentes químicos que impedem o enferrujamento de peças. Consulte o manual do veículo antes da aplicação.

Leia também: Quais os melhores carros para viajar? Veja sete modelos bons de estrada

2. Óleo e fluido

Falta de água no radiador e não estar em dia com o licenciamento são algumas coisas que deixam muitos motoristas parados no acostamento.

Entre os itens imprescindíveis de serem verificados antes de uma viagem está o óleo do motor. É possível conferir o nível e estado do óleo com o motor ainda quente, mas tome cuidado. Além de o óleo estar no nível indicado, deve ter uma cor clara e consistência fluida. Se estiver escuro e gelatinoso, é hora de fazer a troca. Nesse caso, melhor terceirizar o serviço. 

Leia também: Como economizar no seguro? 10 Formas de conseguir desconto

O mesmo deve ser feito com o fluido de transmissão. Lembrando que se você não tiver muito conhecimento sobre carros, procure alguém especializado para não correr o risco de fazer procedimento que prejudique o funcionamento do seu carro. E, claro, sempre esteja atento às indicações do manual do proprietário. 

3. Sinalização e iluminação

Falta de água no radiador e não estar em dia com o licenciamento são algumas coisas que deixam muitos motoristas parados no acostamento.

Faróis, lanternas, luz atrás da placa, seta, luzes de freio... Confira todas antes de pegar a estrada. Até porque é possível fazer isso em menos de três minutos. Se perceber alguma lâmpada queimada, corra para comprar outra. A troca pode ser feita por você ou, se preferir, por algum estabelecimento especializado. 

Ter uma melhor visibilidade da estrada e colaborar para que os outros motoristas enxerguem bem o seu veículo não parece o suficiente para te convencer a fazer a troca? Saiba que conduzir veículo com defeito na iluminação é considerado uma infração média, com multa de R$ 130,16 e quatro pontos na CNH.

Leia também: SUVs de até R$ 70 mil

4. Estado dos pneus

Falta de água no radiador e não estar em dia com o licenciamento são algumas coisas que deixam muitos motoristas parados no acostamento.

Faça a calibragem adequada dos pneus, conforme indicado no manual do proprietário. Lembrando que, dependendo do modelo, o nível correto de pressão pode mudar de acordo com o número de passageiros e quantidade de carga a bordo. Por isso, é importante dar aquela conferida rápida no manual. 

O estado de conservação também é importante: pegar estrada com pneu careca pode ser muito perigoso, principalmente em dias de chuva, podendo ocasionar acidentes que comprometam a segurança até de outros motoristas.

Leia também: VW Taos será assim e terá item “esquecido” do Nivus e T-Cross

Outro ponto, é que dirigir com pneu careca, ou seja, aquele em que o sulco está com menos de 1,6 mm de espessura, pode custar caro para o motorista, mais precisamente R$ 295,23, além de cinco pontos na carteira por multa de natureza grave. Lembrando que, de acordo com o artigo 230 do CTB, a regra também vale para o estepe

5. Limpador de para-brisa

Falta de água no radiador e não estar em dia com o licenciamento são algumas coisas que deixam muitos motoristas parados no acostamento.

É um item simples, mas muito importante para a segurança na estrada em dias de chuva, justamente por ser um dos responsáveis por garantir que o motorista continue com uma boa visibilidade da pista. Conferi-lo é simples e, no menor desgaste, não hesite em trocá-lo. Principalmente no verão, onde é comum pegar fortes chuvas na estrada. 

6. Filtro de ar

Falta de água no radiador e não estar em dia com o licenciamento são algumas coisas que deixam muitos motoristas parados no acostamento.

O filtro do ar-condicionado deve ser conferido de tempos em tempos, mesmo se não for viajar, pois pode comprometer a saúde de quem usa o veículo constantemente. O ideal é verificar o estado do filtro a cada seis meses, mas os que moram em grandes cidades podem conferir em períodos menores.

Para saber onde está localizado o filtro do ar-condicionado, basta procurá-lo no manual do proprietário. Desmonte com atenção, para conseguir montá-lo novamente com facilidade. Se o filtro ainda estiver branco ou cinza, não há necessidade de fazer a troca. Mas se já estiver escuro, providencie outro. 

Leia também: Como higienizar o carro corretamente sem sair de casa? 4 Passos simples

7. Caixa de ferramentas e acessórios

Falta de água no radiador e não estar em dia com o licenciamento são algumas coisas que deixam muitos motoristas parados no acostamento.

Depois de tudo revisado, é hora de conferir se alguns itens estão no seu carro, como triângulo de sinalização, macaco hidráulico e chave de roda. Sobre o triângulo, saiba que trafegar sem esse item é uma infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e sete pontos na CNH.

Itens que devem ser verificados por profissionais especializados 

Falta de água no radiador e não estar em dia com o licenciamento são algumas coisas que deixam muitos motoristas parados no acostamento.

Se seu carro já completou mais de um ano ou 10 mil quilômetros sem passar por uma revisão, passou da hora de levá-lo para verificar o estado do sistema de freios, da suspensão e até mesmo da bateria. Assim é possível fazer uma viagem mais segura e evitar algum problema que deixe seu carro parado na estrada.

Leia também: Simule online o financiamento do carro que deseja comprar

Documentos: licenciamento e seguro

Falta de água no radiador e não estar em dia com o licenciamento são algumas coisas que deixam muitos motoristas parados no acostamento.

Depois de verificar todos esses itens para ter uma viagem segura e evitar multas, não faria sentido não dar atenção aos documentos. Pegar a estrada sem estar com a documentação em dia, além de gerar um risco enorme de te deixar parado por muito tempo na via, vai te fazer procurar outro meio de transporte para voltar para casa se o carro for retido. 

Apesar de ainda estarmos em meio a uma pandemia, muitos departamentos já estão funcionando normalmente, o que significa que você precisa colocar o licenciamento do carro em dia, pois você pode ser parado em uma blitz a qualquer momento, principalmente nesse período de feriados e com o final do ano se aproximando. 

Confira online mais de 150 mil ofertas de carros

Seguro é outro ponto muito importante. Ao viajar de carro, é bom estar muito ciente dos riscos. Guarde o contrato para relembrar sempre o tipo de cobertura que contratou, pois muitos são pegos desprevenidos quando o carro quebra longe de casa.

Verifique se o seu seguro cobre a região para a qual você pretende viajar e se, em casos de sinistros mais graves, é possível contar com carro reserva ou cobertura de passagens. Se sim, maravilha! Caso contrário, é bom ter alguma reserva para emergências. Afinal, como diz o ditado: “o seguro morreu de velho”. 

Talvez você também se interesse por

Conheça as picapes mais econômicas vendidas no Brasil
Quais os melhores carros para viajar? Veja sete modelos bons de estrada
Como economizar no seguro? 10 Formas de conseguir desconto

Viagem de carroProblemas mecânicosO que conferir no carro antes de viajarViagem de carro segura
Comentários