O SUV Captur captura sua atenção?

A linha 2019 do Renault Captur oferece 6 versões, com duas opções de motor e três opções de transmissão.

Imagem de Mayara Sauer

Mayara Sauer

Jornalista Automotiva

11 de Novembro de 2019 às 15:39

·

Atualizado há 8 meses

O SUV Captur captura sua atenção?

Imagem de Mayara Sauer

Mayara Sauer

Jornalista Automotiva

11 de Novembro de 2019 às 15:39

·

Atualizado há 8 meses

 Julgar o Renault Captur como bonito ou feio, abriria uma discussão sem fim, pois gosto não se discute. Ainda mais de carro. O fato é que o SUV ganhou prêmios que provam a relevância do modelo no quesito design automotivo. Foi vencedor da categoria “Melhor Design” do Americar 2018, promovido pela Associação América Latina da Imprensa de Carro. O desenho do carro é assinado pelo Technocentre da Renault, na França, em parceria com a Renault Design América Latina. 

Com a mesma plataforma do Duster, no visual também se destaca pela pintura biton (duas tonalidades), pois há a possibilidade de ter o teto em uma cor diferente do restante do veículo. Os faróis são halógenos, mas as luzes diurnas no para-choque são de LED e no formato em “C”.  O SUV tem 21 cm de altura de vão livre, está na média, comparado aos concorrentes. 

As rodas são de liga leve aro 17 polegadas, diamantadas e possuem um formato mais arredondado, combinando com o design do carro. Em baixo na lateral possui um filete cromado. Na traseira, as lanternas são em LED. A chave do Renault Captur é de presença e tem um formato que parece um cartão, permitindo ser guardada no bolso de forma discreta.

Versões

A linha 2019 do modelo oferece 6 versões, com duas opções de motor e três opções de transmissão. A versão avaliada foi a intermediária, Intense 1.6 CVT.

Zen 1.6 manual – R$ 79.190
Zen 1.6 CVT Xtronic – R$ 91.390
Intense 1.6 CVT Xtronic – R$ 93.990
Intense 2.0 Automático – R$ 94.990
Bose ® 1.6 CVT Xtronic – R$ 95.990
Bose ® 2.0 Automático – R$ 96.990 

Consulte o valor do seu carro na Tabela Fipe 

Espaço e conforto 

O espaço interno é amplo. O SUV tem 2,67 metros de entre eixos. É maior que vários concorrentes da categoria como Volkswagen T-Cross, Nissan Kicks, Hyundai Creta, Honda HRV e Ford Ecosport. Dois ocupantes seguem viagem de forma confortável. Porém, quando vão três passageiros no banco traseiro, o do meio pode se incomodar com túnel central, que além de alto, vem com um suporte de plástico com porta-copos que impossibilita o apoio dos pés. 

O acabamento no interior não há requintes, é praticamente todo no plástico duro. Possui algumas partes em black piano na lateral da porta, na moldura do multimídia e da alavanca de câmbio. Os bancos são confortáveis, revestidos por tecido e trazem detalhes na costura que contrastam com a cor cinza do revestimento. A direção tem ajuste manual de altura, mas não tem de profundidade, e a base dela é um pouco achatada.

O porta-malas tem 437 litros de capacidade. Supera o volume do Nissan Kicks e do Hyundai Creta. Conta ainda com compartimentos nas laterais, um de cada lado, com ferramentas para alguma emergência mecânica. Uma peculiaridade desse carro é o estepe, que não fica guardado no porta-malas, fica embaixo do carro. 

Conectividade

De conectividade, vem com a central multimídia Media Nav 7, que não possui compatibilidade com Apple Car Play nem Android Auto, mas tem conexão Bluetooth. A tela é de 7 polegadas e sensível ao toque. Já no quadro de instrumentos, o conta giros é analógico e a velocidade é digital. 

Alguns comandos estão em locais diferentes do que se encontra na maioria dos carros. Por exemplo, os comandos de som, volume e botão para atender ligação, que normalmente ficam na frente do volante, no Renault Captur, estão em uma alavanca atrás do volante; e para passar as faixas de música, o botão é mais escondido ainda, fica atrás dessa alavanca.

Desempenho 

A versão testada motor tem motor flex 1.6, desenvolve potência máxima de 120 cavalos e 16,2 kgfm de torque máximo. Na parte de performance, segundo a Renault, o Captur faz de 0 a 100km/h em 14,4 segundos. Comparado aos rivais não é considerado tão esperto. O Nissan Kicks, por exemplo faz em 11,9 segundos. 

A transmissão é CVT Xtronic de 6 velocidades. O CVT simula as trocas de marcha, já que não há engrenagens e sim polias. Não vem com aletas atrás do volante. Para fazer a troca manual, somente na alavanca no console central. Um ponto de atenção, pois a maioria dos concorrentes do segmento SUV como HRV, T-Cross, já vem aletas. A direção é elétrica hidráulica, comparado aos concorrentes da categoria, está um passo a trás, pois já vêm com direção elétrica.

O Renaut Captur  vem com a opção do modo ECO, que vai priorizar a economia de combustível. O motorista é sinalizado no painel de instrumentos como está o carro está consumindo o combustível. A faixa verde indica o combustível está sendo usado de forma eficiente. Porém, quando fica amarelo significa um consumo acima do necessário. O botão para ativar o modo ECO e o de limitador de velocidade estão localizados no console central, em baixo da alavanca do freio de mão. Um local incomum, em que o acesso não é tão prático.

Consumo

Sobre autonomia, o SUV francês com gasolina faz na cidade 10,5 km/l e na estrada, 11,7 km/l. Com álcool, faz na cidade 7,3 km/l e na estrada, 8,1 km/l. Recebeu nota C pelo Inmetro tanto na classificação geral, quanto na classificação por categoria. Já o Nissan Kicks apresenta melhores melhores números em relação à autonomia, pois com gasolina, faz na cidade 11,4 km/l e na estrada, 13,7 km/l; com etanol, faz na cidade 7,7 km/l e na estrada, 9,4 km/l. O Kicks recebe do Inmetro nota C na classificação por categoria e B na geral. 

Confira ofertas do Renaut Captur

Segurança

O SUV conta com 4 airbags, 2 frontais e 2 laterais.  O banco traseiro possui apoio de cabeça e cinto de três pontos para os três passageiros. O cinto do meio fica com a ponta grudada em um ímã no teto, ficando simples de armar. No Latin NCap recebeu 4 estrelas no teste de colisão com adultos e 3 estrelas no teste com crianças. O Renault Captur tem ainda outros recursos que garantem uma condução mais segura como o assistente de partida em rampa que mantém o carro parado por 2 segundos em ladeiras e controle de estabilidade e tração que ajuda manter o carro na trajetória.

Compraria?

O Renault Captur possui uma boa relação de custo benefício, mas fica devendo em alguns equipamentos, comparado aos rivais da categoria. As peculiaridades da marca francesa podem causar estranhamento a alguns consumidores.  Talvez ter que se acostumar com essas diferenças seja compatível ao preço mais em conta do modelo. 

Talvez você se interesse

Nissan Kicks e Hyndai Creta
10 SUVs 2019 de até 100 mil
6 SUVs novos de até 70 mil
4 SUVs 2019 de até 80 mil 

Comentários

Outras notícias

Notícias de Avaliação que possam te interessar

Comparativo

Comparativo Volkswagen T-Cross ou Chevrolet Tracker?

Volkswagen T-Cross larga na frente no desempenho, mas Chevrolet Tracker leva vantagem no consumo.

Avaliação

As novidades do Hyundai Creta 2020

Veja o que mudou do Creta 2019 para o Creta 2020

Avaliação

Avaliação: Chevrolet Tracker é um SUV urbano

Confira na avaliação do Chevrolet Trckar os motivos para considerar o modelo mais urbano do que off-road.

Avaliação

Avaliação Audi Q5

A linha 2019 do Audi Q5 oferece 5 versões

Outras notícias

Notícias de Avaliação que possam te interessar

Comparativo

Comparativo Volkswagen T-Cross ou Chevrolet Tracker?

Volkswagen T-Cross larga na frente no desempenho, mas Chevrolet Tracker leva vantagem no consumo.

As últimas notícias

Novidades, eventos, avaliações e muito mais

Notícias

Carros mais vendidos no primeiro semestre de 2020 por categoria

Veja os carros mais vendidos de cada categoria no primeiro semestre de 2020. Fiat Strada passa Jeep Renegade no ranking.

Notícias

Cinco dos dez carros mais vendidos em junho no Brasil são SUVs

Estão entre os carros mais vendidos de junho: VW T-Cross, Chevrolet Tracker, Hyundai Creta e os irmãos Jeep Compass e Renegade

Game

Lucas Torres não cumpre promessa de esmagar o time do Zeca Chaves

Zeca Chaves ganha de Carro Chefe, mas ambos continuam na disputa pelo carro 0km.

Comparativo

10 Crossovers e SUVs mais econômicos do Brasil

Qual o SUV/crossover mais econômico do Brasil? Chevrolet Tracker, Volkswagen Nivus, Nissan Kicks e Suzuki Vitara estão entre os mais econômicos.

As últimas notícias

Novidades, eventos, avaliações e muito mais

Notícias

Carros mais vendidos no primeiro semestre de 2020 por categoria

Veja os carros mais vendidos de cada categoria no primeiro semestre de 2020. Fiat Strada passa Jeep Renegade no ranking.