Presidente da Kia Motors no Brasil revela que a nova versão do Soul terá motor elétrico

Luiz Gandini diz que a marca que não investir em carro com motor elétrico vai estar fora do mercado

Imagem de Mayara Sauer

Mayara Sauer

Jornalista Automotiva

18 de Abril de 2019 às 22:15

·

Atualizado há um ano

Presidente da Kia Motors no Brasil revela que a nova versão do Soul terá motor elétrico

Imagem de Mayara Sauer

Mayara Sauer

Jornalista Automotiva

18 de Abril de 2019 às 22:15

·

Atualizado há um ano

A Mobiauto sabe da importância de entender como os executivos do setor automotivo pensam sobre as estratégias para o presente e o futuro desse mercado. Nesta semana, tivemos um agradável encontro com o Presidente da Kia do Brasil. Foram momentos muito descontraídos com Luiz Gandini, que além de muito simpático, de uma forma bem-humorada nos contou um pouco sobre os lançamentos da marca e como a Kia pensa o mercado automotivo no Brasil.

Ele começou falando sobre o quão especial será 2019 para a importante montadora coreana, pois estão previstos pelo menos mais 2 lançamentos para este ano. São carros voltados para atender os diferentes gostos de consumidores. Destaque para a nova Versão do Kia Soul, que virá equipado com motor elétrico. Sabe-se que autonomia é um dos grandes desafios para as montadoras de carros com motor elétrico, dado que o Soul já vem com bateria que contempla 400km de autonomia. É possível ver que a Kia não está de brincadeira ao lançar carros com a tecnologia híbrida. 

E, para fazer ainda mais bonito, estão previstos mais dois lançamentos com essa tecnologia ainda para 2019: o Optima e o Niro. O Niro é um “golaço” da montadora, pois é um SUV que já está sendo projetado híbrido. Não será um carro a gasolina que foi transformado para hÍbrido como alguns outros, mas um carro que já nasce hÍbrido.

Agora falando sobre o Stinger, veículo de maior desempenho da história da Kia, com motor V6, 3.3 Biturbo, 24 válvulas, com 370 cavalos de potência e 52 mkgf de torque, Gandini fala que o carro é um produto de nicho de mercado. “É um carro que pra poucos” afirma. Foi lançado oficialmente no Salão do Automóvel de 2018, e até agora foram vendidas 26 unidades no Brasil. Hoje custa a partir de 350 mil reais. “Mas é um carro que agrada muito. Todo mundo que dirige o produto, fica apaixonado pelo carro” destaca o presidente da Kia.

Quem é o potencial comprador dessa nave? Gandini responde que é para uma pessoa que gosta de motor, de um carro forte, de um carro com potência. O Kia Stinger é superesportivo e leva 4 pessoas.  Então, acaba sendo um carro voltado para um público um pouquinho diferente, que gosta de carros, mas precisa de espaço. 

Veja aqui o vídeo da entrevista com o Luiz Gandini realizada pela repórter Mayara Sauer.

Comentários