Não pode comprar um VW T-Cross ou Tiguan? Assine um por R$ 1.900

Marca oferece SUVs T-Cross e Tiguan em planos de 12 meses e 24 meses, respectivamente.
Por Renan Bandeira
04.11.2020 às 22h:40 • Att. há 3 meses
Marca oferece SUVs T-Cross e Tiguan em planos de 12 meses e 24 meses, respectivamente.

 Seguindo os passos da Audi, a Volkswagen anunciou nesta terça-feira (4) um programa de assinatura de veículos - isso mesmo, como se fosse Netflix, Spotify etc.

No final de setembro a Audi, que faz parte do Grupo Volkswagen, já havia anunciado o projeto piloto de locação de carros por assinatura com cerca de 20 veículos dos modelos A6 Sedan, A7 Sportback, Q8 e e-tron (elétrico). 

O plano oferecido pela Volkswagen se chama Sign&Drive e, até o momento, é válido apenas para o estado de São Paulo. Ele dá duas opções de veículos: T-Cross e Tiguan AllSpace 

O SUV compacto é oferecido para assinatura apenas na versão de entrada, 200 TSI Automático, com opções de cores Cinza Platinum e Preto Ninja, a partir de R$ 1.899 por mês no plano de 12 meses. Já o irmão maior está disponível no acabamento Comfortline, com opções de cores Branco, Prata Pyrit ou Preto Mystic, a partir de R$ 3.659 por mês no plano de 24 meses.

Leia também: 10 Melhores carros com motor turbo de até R$ 100 mil

Em ambos os casos, o comprador do serviço já tem incluídos no pacote: documentação (IPVA, licenciamento e emplacamento), seguro, manutenção preventiva e franquia de 1.800 km para rodar por mês sem custo adicional.

Marca oferece SUVs por assinatura com mensalidades mais baratas que parcela de financiamento e que incluem seguro e manutenção

Estou sem grana e quero os SUVs: vale a pena ser assinante ou melhor financiar?

O T-Cross oferecido no programa custa R$ 94.590 no configurador da marca. Caso fosse financiado em 48 parcelas, o comprador teria que dar uma entrada de R$ 28.377 no ato da compra e ainda pagar prestações mensais de R$ 1.826,95. O valor médio do seguro é de R$ 2.115 ao ano, enquanto o IPVA do modelo é R$ 3.783,60 - preços válidos para o estado de São Paulo.

Dessa forma, após a compra financiada e os valores de IPVA e seguro diluídos em 12 meses, o proprietário do veículo teria um gasto mensal de R$ 2.318,50.

O T-Cross do Sign&Drive conta com franquia de 1.800 km por mês e, com isso, o modelo pode chegar ao limite de 21.600 km rodados em um ano. Como a Volkswagen oferece as três primeiras revisões gratuitas (10.000, 20.000 e 30.000 km), neste quesito o veículo financiado não geraria custo adicional.

Com isso, o plano se torna uma boa opção para quem se enquadra no limite de 1.800 km rodados por mês, em comparação a um possível financiamento de 48 parcelas. No entanto, é válido lembrar que o período de assinatura é de 12 meses, e que ao final do prazo, o solicitante ficará sem o veículo. 

O gasto total do T-Cross no programa de assinatura de um ano é de R$ 22.788, contra R$ 27.822 do financiamento, IPVA e seguro por um ano, sem contar o pagamento da entrada - lembrando que ainda restarão 36 parcelas...

Marca oferece SUVs por assinatura com mensalidades mais baratas que parcela de financiamento e que incluem seguro e manutenção

O Tiguan AllSpace Comfortline 250 TSI custa R$ 177.400 no catálogo da Volkswagen, seguindo as características do modelo do serviço de assinatura. Com o financiamento de 48x, cada parcela ficaria por R$ 3.578,34 - sem contar a entrada de R$ 53.220.

Leia também: 22 SUVs que serão lançados em 2021

Assim como o T-Cross, o Tiguan está envolvido no serviço das três primeiras revisões gratuitas, mas como o contrato de assinatura é de 1.800 km ao mês por 24 meses, o proprietário pode superar os 40.000 km rodados em dois anos. O Sign&Drive garante essa manutenção, mas no caso do financiamento o proprietário teria de pagar a quarta revisão, cotada em R$ 1.214,74.

Sugerindo que o assinante tenha se programado para efetuar a quarta revisão durante os dois anos com o Tiguan, o valor da manutenção será diluído em 24 parcelas, ficando em R$ 50,61 por mês.

O comprador ainda teria o gasto de seguro e IPVA por dois anos. Na cotação atual, pagaria uma média de R$ 3.157 por ano de seguro e R$ 7.096 por ano de IPVA. Considerando todas essas despesas para um período de dois anos, divididas mensalmente, o dono de um Tiguan Comfortline financiado teria um gasto de R$ 4.483,36 por mês, durante dois anos, contra R$ 3.569 por mês do alugado.

No período de 24 meses, o gasto final é de R$ 107.600 com o financiado contra R$ 85.656 do Tiguan por assinatura. Mas, assim como na comparação do T-Cross, é válido lembrar que, ao fim do período de 24 meses, enquanto o modelo financiado ainda terá outras 24 parcelas, o assinante fica sem veículo. 

Leia também: Carros mais vendidos de outubro: VW tem sete modelos no top 30

Marca oferece SUVs por assinatura com mensalidades mais baratas que parcela de financiamento e que incluem seguro e manutenção

Com isso, pode-se concluir que o valor mensal mais baixo cobrado pelo aluguel dos SUVs torna-os uma boa possibilidade para quem busca andar de carro zero-quilômetro, mas não tem o valor completo para pagar à vista ou dar uma entrada mais generosa.

Ainda que seja alto o investimento, o modelo de negócio sai mais em conta do que o financiamento. Como base, basta avaliar o Tiguan citado acima. O SUV, em dois anos, dá um gasto de R$ 160.820 ao comprador, restando ainda um valor de R$ 107.600 para ser pago em outras 24 parcelas. 

Ou seja, o veículo que originalmente custa R$ 177.400 sai na verdade por R$ 268.420 - preço superior ao da VW Amarok V6 Extreme de R$ 256.390, que é o modelo mais caro oferecido pela marca no Brasil.

 [video]

Talvez você também se interesse:

Picapes mais econômicas do Brasil
1ª picape elétrica do mundo é robusta como Hilux ou S10 a diesel?
Conheça as picapes mais econômicas vendidas no Brasil

VolkswagenT-CrossTiguanPlano de assinatura
Comentários