Avaliação Mercedes-Benz Classe A Sedan

O Classe A 200 vem com comando de voz inteligente: Mercedes-Benz User Experience

Imagem de Mayara Sauer

Mayara Sauer

Jornalista Automotiva

16 de Dezembro de 2019 às 12:31

·

Atualizado há 8 meses

Avaliação Mercedes-Benz Classe A Sedan

Imagem de Mayara Sauer

Mayara Sauer

Jornalista Automotiva

16 de Dezembro de 2019 às 12:31

·

Atualizado há 8 meses

O Mercedes-Benz Classe A 200 é o sedan de entrada da marca alemã. O modelo começou a ser vendido no Brasil este ano, mas foi apresentado pela primeira vez no Salão do Automóvel de São Paulo de 2018. Vale ressaltar que o Classe A também está disponível na carroceria hatch. 

O sedan oferece duas versões: A 200 Style e A 200 Advance. As duas têm o mesmo motor 1.3 a gasolina. O que muda são alguns equipamentos e detalhes do design. A versão testada foi a Advance, a mais completa, que tá custando R$169.990,00. A Style custa R$ 139.990,00. 

Design

O visual da frente das duas versões é praticamente o mesmo. Ambas vêm com o para-choque no formato A-wing, característico de modelos da divisão AMG. Os faróis das duas são full LED. As rodas, tanto da Style quanto da Advance, têm aro com tamanho 18 polegadas. A traseira do Classe A tem lanternas de Led. A diferença entre as versões é que na Advance vem com duas saídas de escape. Outro item que a Advance tem e Style não, é o teto solar panorâmico.

Espaço

O Classe A 200 tem 2,72 m de entre eixos. Comparado ao concorrente direto Audi A3, o Mercedes Classe A Sedan ganha, pois o Audi A3 tem 2,63 m de entre eixos. Quem senta na lateral fica bem acomodado com um pouco mais de um palmo de distância do joelho em relação ao banco da frente, considerando um pessoa com altura de 1,73m. Também tem uma boa folga da cabeça em relação ao teto. O passageiro do meio pode se incomodar o um túnel central um pouco elevando (meio palmo de atura).

O banco traseiro é rebatível e tem acesso rápido e prático através de um botão localizado do lado do encosto de cabeça central. A capacidade do porta-malas é de 430 litros. Cinco litros maior do que a capacidade do porta-malas do Audi A3 sedan. A abertura da tampa do porta-malas é elétrica, pode ser pressionando um botão na chave ou apertando um botão na própria tampa. 

Conforto

Os bancos são revestidos de um material chamado ARTICO, que é um tipo de couro sintético, e podem vir na cor preto ou bege. Os bancos dianteiros têm ajuste elétrico. Já o ajuste do volante é manual, tanto altura como profundidade. O ar condicionado é digital, de uma zona só. o ajuste do volante é manual, tanto de altura, quanto de profundidade. O sedan oferece uma entrada USBC no console central e outra, dentro do porta-objetos. Na parte traseira, não tem saídas de ar condicionado, mas disponibiliza entrada USBC e luz de leitura no teto (uma em cada ponta). 

Conectividade

A grande novidade do modelo é o Mercedes Benz User Experience (MBUX), comando de voz inteligente, que funciona através de inteligência artificial. Na prática, é possível conversar com o carro. Basta falar “Oi Mercedes”, que uma voz feminina responde “Olá! O que posso ajudar?”. Se quiser abrir o teto solar, por exemplo, pronuncia-se “abrir persiana de teto” e pronto, o MBUX atende ao pedido. É um sistema didático e ne um pouco burocrático. Reconhece a voz de qualquer pessoa que tiver no carro e não precisa fazer nenhum tipo de configuração. Para ativar, basta dizer “Oi Mercedes”. Lembrar que essa tecnologia não vem na versão Style. 

A central multimídia é integrada com o cockpit digital. Cada tela tem tamanho de 10,2 polegadas. A tela da multimídia é sensível ao toque e tem espelhamento com smartphone, através do Apple CarPlay e Android Auto. Outras duas formas de manusear a multimídia é pelo touchpad no console central ou pelo mini touchpad, localizado no lado direito do volante. O mini touchpad do lado esquerdo do volante acessa o cockpit. As respostas da multimídia são muito rápidas e a qualidade da imagem é de excelente qualidade, muito nítida. 

Desempenho e dirigibilidade

O Mercedes-Benz Classe A Sedan vem equipado com motor 1.3 a gasolina, de 4 cilindros em linha, que desenvolve até 163 cavalos de potência e 250 Newton Metro (25,5 kgfm) de torque máximo. Segundo a montadora, o A 200 tem um sistema automático de desativação de cilindros, que em baixa rotação, o motor atua somente com dois cilindros e em alta rotação com quatro cilindros. O resultado disso é um motor mais eficiente. Ele faz de 0 a 100 km/h em 8,1 segundos. Comparando com a performance do Audi A3 sedan, o Classe A 200 é mais esperto, faz de 0 a 100 km/h em 8,8 segundos. A vantagem do motor do Audi A3 sedan é que tem a opção de motor flex.  

A transmissão é de dupla embreagem, de 7 velocidades do tipo DCT. A alavanca do Classe A 200 fica atrás do volante, com a possibilidade de fazer as trocas manuais pelas aletas. Para extrair mais do motor, o motorista consegue alterar para o modo Sport no Drive Select. Nesse modo, a aceleração tem respostas mais rápidas. Já para uma condução mais mansa e econômica, tem o modo Eco. E para dirigir com mais conforto, no dia a dia, na cidade, é indicado o modo Confort. No Drive Select, também é permitido personalizar os parâmetros de condução no modo Individual. 

A tração do Classe A é dianteira, logo a sensação ao dirigir traz uma pegada mais esportiva. Diferente do Classe C, por exemplo, que tem tração traseira, que prioriza mais o conforto na direção. A combinação de Mac Pherson na dianteira e eixo de torção na traseira, deixa a suspensão mais firme. Para a nossa realidade brasileira, pode ser um ponto negativo por causa da buraqueira de nossas ruas. 

Confira as ofertas do Mercedes Classe A 200 Sedan

Consumo

O Classe A Sedan ainda não recebeu avaliação do Inmetro. Mas no teste, foi detectado uma média de 10,2 km/l na cidade e 12,1 na estrada. O modelo vem com o sistema Start Stop do motor para auxiliar na economia de combustível e na redução de emissão de gases poluentes. Para deixar a função ativada precisa apertar um botão, posicionado embaixo do botão de partida.

Segurança

O sedan vem equipado com 7 airbags. Possui câmera de ré, mas não tem sensores de estacionamento. Além disso, vem com assistente de frenagem ativo, que dependendo da situação, o recurso ajuda na prevenção de acidentes como colisões traseiras ou diminuir as consequências de uma batida.

Talvez você se interesse 

Mercedes-Benz confirma 5 SUVs para o Brasil em 2020

Mercedes-Benz apresenta a nova gama GLC reestilizada a partir de R$ 294.900

Novo Mercedes-Benz GLA 2021 é lançado oficialmente


Comentários

Outras notícias

Notícias de Avaliação que possam te interessar

Comparativo

Comparativo Volkswagen T-Cross ou Chevrolet Tracker?

Volkswagen T-Cross larga na frente no desempenho, mas Chevrolet Tracker leva vantagem no consumo.

Avaliação

As novidades do Hyundai Creta 2020

Veja o que mudou do Creta 2019 para o Creta 2020

Avaliação

Avaliação: Chevrolet Tracker é um SUV urbano

Confira na avaliação do Chevrolet Trckar os motivos para considerar o modelo mais urbano do que off-road.

Avaliação

Avaliação Audi Q5

A linha 2019 do Audi Q5 oferece 5 versões

Outras notícias

Notícias de Avaliação que possam te interessar

Comparativo

Comparativo Volkswagen T-Cross ou Chevrolet Tracker?

Volkswagen T-Cross larga na frente no desempenho, mas Chevrolet Tracker leva vantagem no consumo.

As últimas notícias

Novidades, eventos, avaliações e muito mais

Curiosidade

10 Recalls tão absurdos que não parecem verdade

Confira os 10 recalls mais absurdos e tente acreditar, pois é verdade. Imagine um carro que o passageiro que freia.

Curiosidade

De onde vem o cheirinho de carro novo?

O cheirinho de carro novo vem do processo de desgaseificação dos mais de 100 materiais industriais usados no interior do veículo.

Como Comprar

Vale a pena comprar carro durante a pandemia?

Veja 5 dicas de como levar vantagem ao comprar um carro durante a pandemia.

Comparativo

Comparativo: VW Nivus, VW T-Cross ou Chevrolet Tracker?

Comparamos preço, dimensões, desempenho, consumo e segurança do Chevrolet Tracker, VW T-Cross e VW Nivus, confira.

As últimas notícias

Novidades, eventos, avaliações e muito mais

Curiosidade

10 Recalls tão absurdos que não parecem verdade

Confira os 10 recalls mais absurdos e tente acreditar, pois é verdade. Imagine um carro que o passageiro que freia.