Avaliação Jeep Compass Longitude

Veja detalhes do Compass, SUV sucesso de vendas da Jeep.

Imagem de Camila Torres

Camila Torres

Jornalista Automotiva

24 de Junho de 2019 às 14:26

·

Atualizado há um ano

Avaliação Jeep Compass Longitude

Imagem de Camila Torres

Camila Torres

Jornalista Automotiva

24 de Junho de 2019 às 14:26

·

Atualizado há um ano

O modelo Compass é responsável por um grande volume de vendas da Jeep, perdendo apenas para o irmão Renegade. Mesmo custando mais de R$100.000 é um dos SUVs mais vendidos em solo nacional. Quer saber por que ele é tão desejado? Veja a avaliação completa da versão Longitude 2.0 com tração 4X2 e descubra as principais características do utilitário esportivo.

Versões 2019

Sport AT 2.0: R$ 113.990

Longitude AT 4X2 2.0: R$ 127.990 (Versão Avaliada)

Longitude AT 4X4 2.0 turbo diesel: R$ 156.990

Limited AT 2.0: R$ 146.990,00

Limited AT 2.0 turbo diesel 4X4: R$ 176.990

Trailhawk AT 2.0 turbo diesel: R$ 176.990

Serie S AT 4x4 2.0 turbo diesel: R$ 187.990

Design

O design do Compass Longitude é marcante. O carro tem traços bem definidos, as linhas mais quadradas dão agressividade ao SUV, os faróis e lanternas com assinatura em LED trazem a sofisticação que normalmente é ausente em veículos 0ff-road. As maçanetas externas e retrovisores na cor do veículo dão acabamento e tornam o visual ainda melhor. A saída de ar de 7 gomos localizada na grade frontal, apesar de não ter função estética, dá uma personalidade robusta e refinada, característica da Jeep. E as rodas em liga leve aro 18 casam bem com a aparência geral do utilitário esportivo.

Internamente a composição é harmoniosa. Os bancos revestidos em couro, oferecem estética e conforto aos passageiros, proporcionam tanta comodidade que o passageiro se sente abraçado. As peças são precisamente encaixadas, o painel tem um bom acabamento que casa muito bem com a paleta de cores neutras. 

Conforto e Espaço

O carro acomoda confortavelmente 5 ocupantes. Até pessoas mais altas usufruem de bom espaço para as pernas, exceto o passageiro do meio, que independente do veículo sempre contará com espaço mais limitado. Neste modelo o assento central também conta com encosto de cabeça. E para dar ainda mais conforto aos passageiros o Compass conta com porta-objetos de sobra e o ar-condicionado automático dual zone. O porta-malas tem 410 litros, o suficiente para atender uma família, mas existem veículos da mesma categoria com capacidades maiores. 

Dirigibilidade, potência e consumo

O  Jeep Compass tem transmissão automática de 6 velocidades. A troca de marchas acontece de forma natural e suave, evitando mudanças secas. Popularmente falando, uma condução livre de “trancos”. A suspensão se adapta ao terreno, o que reduz a sensação de atrito em vias irregulares. Ao pisar no acelerador a entrega é imediata, a frenagem passa segurança, pois apresenta respostas rápidas. 

O SUV é equipado com itens que tornam a experiência de condução cômoda e agradável, que vão desde banco do motorista com regulagem de altura, ajuste do volante em altura e profundidade até direção elétrica, piloto automático e sistema Start/Stop (desligamento/acionamento automático do motor) e alertas para troca de marcha e limitador de velocidade. Para facilitar na hora de estacionar o modelo vem com câmera de ré, sensor de estacionamento traseiro e freio de estacionamento eletrônico. O Compass ainda tem  sistema de monitoramento de pressão dos pneus e alerta de manutenção programada.

O Motor Tigershark 2.0 tem 166 cavalos, 20 kgfm de torque e chega a atingir 189 km/h. O carro é potente, mas gasta muito por isso, sendo classificado como categoria ‘D’ no Inmetro. O rendimento com etanol é de 6,1 km/litro na cidade e 7,5 km/litro na estrada, com gasolina passa para 8,8 km/litro na cidade e 10,8 km/litro na estrada.

Confira também: Avaliação do Jeep Renegade Trailhawk 4x4 2.0 Turbo Diesel

Segurança

O modelo da Jeep vem com controle de estabilidade (ESC) e tração, sistema eletrônico anti capotamento e os já esperados airbags dianteiros, freios ABS, cinto de 3 pontos para o passageiro central e travamento automático de porta e porta-malas em velocidades acima de 20 km/h. 

Compraria?

O design do carro combina agressividade e requinte na medida certa para um modelo off-road. A potência e os sistemas do Compass Longitude proporcionam uma direção prazerosa e divertida. É confortável para motorista e passageiros. Não decepciona nos itens de segurança. Mas é um SUV caro, tanto para se adquirir, como para se manter. O consumo e custos de manutenção devem ser analisados antes de levar o carro para casa. E apesar do valor inicial ser de R$ 127.990, pode ter um valor final muito maior dependendo dos acessórios acrescentados, só o teto solar fica na casa dos R$7.700. De forma geral, o preço é justo, mas não deixa de ser alto. 

  

Talvez você também se interesse: 

Comparativo Compass e HR-V
Confira 10 SUVs 2019 de até 100 mil
Comparativo Nissan Kicks x Hyndai Creta

Comentários

Outras notícias

Notícias de Avaliação que possam te interessar

Comparativo

Comparativo Volkswagen T-Cross ou Chevrolet Tracker?

Volkswagen T-Cross larga na frente no desempenho, mas Chevrolet Tracker leva vantagem no consumo.

Avaliação

As novidades do Hyundai Creta 2020

Veja o que mudou do Creta 2019 para o Creta 2020

Avaliação

Avaliação: Chevrolet Tracker é um SUV urbano

Confira na avaliação do Chevrolet Trckar os motivos para considerar o modelo mais urbano do que off-road.

Avaliação

Avaliação Audi Q5

A linha 2019 do Audi Q5 oferece 5 versões

Outras notícias

Notícias de Avaliação que possam te interessar

Comparativo

Comparativo Volkswagen T-Cross ou Chevrolet Tracker?

Volkswagen T-Cross larga na frente no desempenho, mas Chevrolet Tracker leva vantagem no consumo.

As últimas notícias

Novidades, eventos, avaliações e muito mais

Notícias

Carros mais vendidos no primeiro semestre de 2020 por categoria

Veja os carros mais vendidos de cada categoria no primeiro semestre de 2020. Fiat Strada passa Jeep Renegade no ranking.

Notícias

Cinco dos dez carros mais vendidos em junho no Brasil são SUVs

Estão entre os carros mais vendidos de junho: VW T-Cross, Chevrolet Tracker, Hyundai Creta e os irmãos Jeep Compass e Renegade

Game

Lucas Torres não cumpre promessa de esmagar o time do Zeca Chaves

Zeca Chaves ganha de Carro Chefe, mas ambos continuam na disputa pelo carro 0km.

Comparativo

10 Crossovers e SUVs mais econômicos do Brasil

Qual o SUV/crossover mais econômico do Brasil? Chevrolet Tracker, Volkswagen Nivus, Nissan Kicks e Suzuki Vitara estão entre os mais econômicos.

As últimas notícias

Novidades, eventos, avaliações e muito mais

Notícias

Carros mais vendidos no primeiro semestre de 2020 por categoria

Veja os carros mais vendidos de cada categoria no primeiro semestre de 2020. Fiat Strada passa Jeep Renegade no ranking.