VW Taos faz Tiguan perder motor 1.4 e custar mais de R$ 220.000

SUV médio passa a ser oferecido apenas na configuração R-Line 350 TSI, com motor 2.0 turbo de 220 cv e sete lugares
Por Leonardo Felix
01.03.2021 às 15h:14 • Att. há cerca de 1 mês
SUV médio passa a ser oferecido apenas na configuração R-Line 350 TSI, com motor 2.0 turbo de 220 cv e sete lugares

A chegada do Volkswagen Taos, SUV compacto-médio que será lançado entre abril e maio para brigar com o novo Jeep Compass (a ser apresentado no começo de abril) e Toyota Corolla Cross (que será lançado em 11 de março e chegará às lojas no dia 25 do mesmo mês), já provocou mudanças na gama do primo maior Tiguan Allspace.

Para não promover uma concorrência interna entre os dois SUVs, a marca alemã reduziu a gama do modelo de maior porte já a partir de março. As opções 250 TSI e Comfortline 250 TSI, empurradas pelo mesmo 1.4 turbo de 150 cv e 25,5 kgfm que estará presente no Taos, foram tiradas de linha.

Confira o valor do seu carro na Tabela Fipe

SUV médio passa a ser oferecido apenas na configuração R-Line 350 TSI, com motor 2.0 turbo de 220 cv e sete lugares
Chegada do Taos fez a VW posicionar o Tiguan mais para cima na gama

Com isso, o Tiguan passa a ser oferecido em versão única, a R-Line 350 TSI, sempre com sete lugares e motor 2.0 quatro-cilindros turbo a gasolina, com injeção direta, de 220 cv e 35,7 kgfm. Ele vem aliado ao câmbio DSG (automatizado de dupla embreagem banhado a óleo) de sete marchas, e tem tração integral 4Motion.

Com o enxugamento da linha, o preço de partida do Tiguan no Brasil passa a ser R$ 221.350. Por esse valor, o SUV traz de série: 

Leia também: Onix está com produção paralisada por falta de peças

Controles de estabilidade e tração com assistente de partida em rampas; faróis de LED com luzes diurnas, lavadores e acendimento automático; faróis de neblina; freio de estacionamento eletrônico com auto hold; seis airbags; abertura e fechamento automático do porta-malas; sensor de chuva; quadro de instrumentos digital; central multimídia Discover Media de 8 polegadas com Android Auto e Apple Carplay via cabo; bancos dianteiros aquecíveis e do motorista elétrico; ar-condicionado automático trizona; trio elétrico com função antiesmagamento e um-toque nos vidros, e retrovisores externos com rebatimento, aquecimento, memória e tilt down; direção elétrica; controle de cruzeiro adaptativo com frenagem autônoma emergencial e detecção de pedestres; assistente ativo de mudança de faixa; carregador de celular por indução; tomada USB tipo C; câmera de ré; detector de fadiga do motorista; retrovisor interno eletrocrômico; sistema de som Dynaudio com 16 canais e 400 W; rodas de liga leve aro 19; sensores de estacionamento dianteiros e traseiros; indicador de pressão dos pneus; bancos e volante multifuncional em couro.

Leia também: Novo Nissan Kicks Sense, Advance e Exclusivo: detalhes em 27 fotos

Todas as pinturas, exceto a Branco Puro, cobram outros R$ 2.260. A branca sólida, apesar de vir sem custo adicional, oferece um pacote adicional chamado Black Style, de R$ 2.150, que deixa pretos os racks de teto, as rodas e as capas dos retrovisores. Já pelo teto solar panorâmico é preciso pagar mais R$ 5.790. Total: R$ 229.400.

SUV médio passa a ser oferecido apenas na configuração R-Line 350 TSI, com motor 2.0 turbo de 220 cv e sete lugares
Taos ocupará a faixa de preços entre R$ 150 mil e R$ 180 mil

O Taos, conforme antecipado pela Mobiauto, será lançado em duas configurações – Comfortline e Highline -, todas com o propulsor 250 TSI (1.4 turboflex de 150 cv e 25,5 kgfm) e o câmbio automático de seis marchas da Aisin. Os preços devem ficar entre R$ 150 mil e R$ 180 mil.

SUV médio passa a ser oferecido apenas na configuração R-Line 350 TSI, com motor 2.0 turbo de 220 cv e sete lugares
Novo Tiguan deve ficar para 2022

Já o Tiguan deveria receber um facelift no segundo semestre deste ano, mas o mais provável é que fique para 2022. Além do novo visual, ele deve estrear por aqui o motor 1.5 TSI de ciclo Miller usado pelo Taos nos EUA e uma variante híbrida com recarga externa chamada eHybrid com 245 cv de potência.

Você também pode se interessar por:

VW deve ganhar uma irmã gêmea picape até 2023
Flagra do novo VW Polo tem detalhes que estão nos enganando
VW Polo e Virtus: os principais problemas, segundo os donos
VW Taos: afinal, SUV é uma ameaça a T-Cross e Tiguan?
Nem T-Cross nem Tiguan: VW Taos ameaça mesmo é o Jetta 


VW TiguanVW TaosSUV VWSUV médioSUV de 7 lugaresNovo VW TiguanVW Tiguan AllspaceVW Tiguan R-Line 350 TSIcarro SUV

Comentários