VW Nivus tem fila de 3 meses, atrasos e confusão sobre versão de lançamento

Compradores mostram indignação com atrasos na entrega e informações desencontradas sobre a compra
Por Renan Bandeira
07.11.2020 às 12h:00 • Att. há 7 meses
Compradores mostram indignação com atrasos na entrega e informações desencontradas sobre a compra

Comprar um carro hoje em dia é simples: basta pagar e retirar, certo? Errado. Pelo menos para quem quer um Volkswagen Nivus. Nos grupos do veículo nas redes sociais chovem relatos sobre a demora para entrega após ser realizado o pedido e o pagamento pelo SUV cupê. 

Em contato com a rede de concessionárias, a reportagem da Mobiauto apurou que a espera prometida é de até 60 dias para obter o produto. Só que, na prática, a realidade é diferente.

Confira o valor de seu carro na nossa Tabela Fipe

Um comprador - que preferiu não revelar o nome - afirmou que realizou o test-drive em 26 de setembro e fechou a compra de um Highline com um sinal de R$ 1.000 no mesmo dia, com prazo de até 40 dias para ser entregue.

Sem receber mais informações sobre a compra, ele ligou para a loja dias antes do encerramento do prazo - 5 de novembro. Só então foi avisado de que a previsão de entrega foi alterada para o final de dezembro.

Leia também: SUVs exclusivos para PCD estão em extinção. Veja alternativas 

A justificativa que recebeu é que um surto de Covid-19 teria infectado funcionários da Volkswagen na fábrica de São Bernardo do Campo (SP), diminuindo a capacidade de produção do modelo para 25%.

A atualização aumentou o prazo para cerca de 90 dias, e ainda não é certo que o cliente receberá o veículo na data. Segundo o comprador, a rede tentou “empurrar” para ele um T-Cross 200 TSI de entrada que tinham a pronta-entrega para o lugar do Nivus.

Compradores mostram indignação com atrasos na entrega e informações desencontradas sobre a compra

Apesar de estar sem carro desde o início de outubro, ele recusou a proposta, mas relatou que a concessionária não ofereceu nenhum veículo temporário para suprir a ausência do modelo prometido. 

Para piorar, foi avisado pelo vendedor que pode ter que pagar um valor acima do combinado na hora de retirar o modelo. “O vendedor me falou que o carro foi reajustado e que essa diferença seria repassada integralmente para os clientes. Só que tenho um documento com o valor combinado do dia que encomendei o carro", reclamou.

Vale observar que um reajuste de preço após a confirmação da compra com outro valor fere o artigo 35 do Código de Defesa do Consumidor, que prevê que o fornecedor do produto não pode “recusar cumprimento à oferta, apresentação ou publicidade” previamente estabelecidos.

Leia também: Não pode comprar um VW T-Cross ou Tiguan? Assine um por R$ 1.900 

Outro cliente, que também não quis se identificar, disse que, após entregar a documentação para adquirir um Nivus Comfortline na modalidade PCD, foi informado pela concessionária de que teria de aguardar 10 dias para saber o prazo de entrega do modelo, e continua sem previsão de quando poderá contar com o veículo.

Ao que parece, os prazos longos não estão afetando só unidades vendidas nas últimas semanas. Marcelo Carraro, diretor comercial em Bento Gonçalves (RS), disse que quase desistiu da compra de um Nivus Highline devido à demora de três meses e meio para entrega do veículo.

Seu faturamento foi datado em 20 de julho, com promessa de entrega em no máximo 70 dias. No entanto, seu veículo foi entregue apenas em 4 de novembro, 105 dias após o fechamento do negócio.

Leia também: Carros mais vendidos de outubro: VW tem sete modelos no top 30 

Já o publicitário Márcio Melo, de São Paulo (SP), relatou outro problema: ele comprou um Nivus Highline Launching Edition pelo site da marca, onde a série especial de lançamento continua disponível. O prazo para entrega está estipulado para janeiro de 2021.

Compradores mostram indignação com atrasos na entrega e informações desencontradas sobre a compra

Depois de alguns dias, porém, veio um contato da concessionária com a má notícia. "Me disseram que essa configuração não está mais disponível para venda, porque não está mais fabricando", relatou. Melo então contatou o SAC da marca, que pediu sete dias para dar uma resposta sobre se o Nivus Highline Launching Edition segue ou não em linha.

Apesar de a edição de lançamento continuar no configurador, nossa reportagem entrou em contato com concessionários que reforçaram a informação de que a opção não está mais sendo fabricada nem consta mais em estoque.

Procurada, a VW deu o seguinte posicionamento sobre os casos:

"O VW Nivus é um sucesso desde o período da pré-venda. Até hoje foram vendidas mais de nove mil unidades. Em razão deste sucesso, a espera para receber o modelo pode ser um pouco maior, mas não de quatro meses conforme informado. O mesmo ocorre com a versão Launching Edition, que possui um mix menor e mais exclusivo, o que pode ocasionar em uma espera maior que outros modelos."
[video]

Talvez você também se interesse por:

Citroën C3 enfim muda em 2021 e traz junto SUV e sedan
Por que um motor flex bebe mais com etanol?
Melhores SUVs de até R$ 100 mil com motor turbo
22 SUVs que serão lançados no Brasil em 2021

Volkswagen NivusSUV-compactoCompraNivus 0 km

Comentários