Mercedes-AMG E 63 S 4MATIC+ é um superesportivo na carroceria de sedan

Conheça do design ao desempenho do sedan mais esportivo da Mercedes.
Por Camila Torres
14.10.2019 às 19h:05 • Att. há mais de 1 ano
Conheça do design ao desempenho do sedan mais esportivo da Mercedes.

Algumas máquinas têm coração, o Mercedes-AMG E 63 S 4Matic+ é uma delas. O que dá vida a este supercarro é um V8 4.0 Biturbo feito artesanalmente e assinado pelo engenheiro que o montou. O motor entrega 612 cavalos e 86,7 kgfm de torque, potência suficiente para fazer um automóvel de 1950 kg passar a sensação de dirigibilidade de esportivo. 

Por se tratar de um veículo premium, o AMG E 63 S pode ser personalizado de acordo com o gosto do cliente, com itens que vão desde modelos de roda a pacotes de performance. O sedan de luxo parte de R$ 807. 900, mas pode ultrapassar o valor de R$ 1.000.000,00 se adicionado todos os opcionais disponíveis.

Leia também: 4 Supercarros com detalhes curiosos e extremamente caros

Mercedes-AMG E 63 S é comercializado por R$ 807.900, mas pode ultrapassar R$ 1.000.000,00 com todos opcionais.

 Avaliar um Mercedes-AMG E 63 S é uma tarefa fácil para quem é fascinado por supercarros, mas não a faz menos complexa, afinal, há muito o que ser avaliado em um carro como este, a começar pelo design. Ao se aproximar da máquina, os passos vão desacelerando e param quase que involuntariamente entre 2 e 3 metros de distância do sedan mais potente da Mercedes. Os olhos repousam sobre os faróis Multibeam em LED, passam pela grade dianteira de 8 barras na vertical característica da Mercedes, param sobre o capô observando a profundidade de cada vinco que revela o quanto o carro é poderoso, não só pela sofisticação, mas principalmente pela potência.  

Mercedes-AMG E 63 S é comercializado por R$ 807.900, mas pode ultrapassar R$ 1.000.000,00 com todos opcionais.

As pernas voltam a se mover lentamente, fazendo uma volta circular em torno do sedan. Os olhos escaneiam como uma máquina as linhas marcantes das laterais, que cortam a carroceria de uma ponta a outra. O caimento de cupê dá sensualidade ao sedan. Ao chegar na traseira, a estética clássica da fabricante alemã é notável. As lanternas são encaixadas de forma equilibrada, não chamam mais atenção que as curvas e as 2 saídas duplas de escape funcionais. Mais uma volta para observar as rodas em liga leve aro 20 e finalmente as mãos tocam a maçaneta, abrindo a porta para testar o protagonista da Mercedes-Benz. 

 Confira ofertas de modelos da Mercedes-Benz 

Mercedes-AMG E 63 S é comercializado por R$ 807.900, mas pode ultrapassar R$ 1.000.000,00 com todos opcionais.

O primeiro item a chamar atenção ao entrar no carro é o painel em fibra de carbono com acabamento em couro, que abriga a dupla central de 12,3 polegadas, estendendo-se desde o cluster até a multimídia. Console, bancos, detalhes das portas e volante também contam com revestimento em couro. O teto solar elétrico panorâmico não só traz iluminação ao habitáculo do veículo, como o deixam ainda mais requintado, mas este item obviamente é mais aproveitado pelos passageiros, pois o motorista terá 612 cavalos para dedicar sua total atenção. 

Ao ligar o bólido, o ronco do V8 é uma sinfonia para os ouvidos. Ao pisar no acelerador, em segundos, é possível sentir a coluna encaixada ao banco do carro. O motor 4.0 Biturbo com a caixa de câmbio de dupla embreagem AMG Speedshift MCT 9-speed casada com a tração integral 4Matic+ é capaz de levar o velocímetro de 0 a 100 km/h em 3,4 segundos. A velocidade máxima do sedan é de 250 km/h, limitada eletronicamente. Apesar de ser um sedan de grande porte, o desempenho é de superesportivo. Tanto nas curvas como em linha reta, o carro possui um grip surreal. A sensação é de estar em um carro feito para correr e não em um modelo família. 

Talvez você também se interesse:

Veja detalhes do Bugatti La Voiture Noire, o carro mais caro do mundo
5 Carros tão velozes que ultrapassam os 400 km/h

Mercedes-BenzAMGE 63 SSupercarroSedan de luxo
Comentários