Kia terá SUV híbrido em novembro no Brasil para sair do esquecimento

Para sair da sombra das concorrentes asiáticas, marca terá uma nova estratégia de negócio focando em veículos híbridos e elétricos
Por Renan Bandeira
20.10.2021 às 18h:55 • Att. há cerca de cerca de 1 mês
Para sair da sombra das concorrentes asiáticas, marca terá uma nova estratégia de negócio focando em veículos híbridos e elétricos

A Kia Motors Corporation anunciou nesta quarta-feira (20) que mudará sua estratégia de negócio e que pretende lançar soluções de mobilidade. Além de atualizar o logotipo e simplificar o nome para apenas “Kia”, a empresa informou que lançará um SUV híbrido em novembro no Brasil.

A marca não deu mais informações sobre qual será o modelo para fazer suspense, mas a Mobiauto aponta o Kia Niro como um dos principais candidatos para esta vaga. O presidente da Kia no Brasil, José Luiz Gandini, já havia prometido que o veículo seria lançad0 no início deste ano, mas não chegou até o momento.

Para sair da sombra das concorrentes asiáticas, marca terá uma nova estratégia de negócio focando em veículos híbridos e elétricos

Caso se confirme, a marca sul-coreana entrará na briga entre os SUVs compactos-médios com o veículo. Com 4.335 mm de comprimento, o Niro fica posicionado entre Jeep Renegade e Compass, por exemplo. 

No entanto, tem um entre-eixos de fazer inveja: 2.700 mm. A dimensão é superior a de Volkswagen Taos, Jeep Compass e Toyota Corolla Cross, e se aproxima do entre-eixos do Volkswagen Tiguan. 

Embaixo do capô, o Niro carrega um motor 1.6 aspirado a gasolina de 105 cv e 15,3 kgfm associado ao motor elétrico de 44 cv e 17,3 kgfm, que juntos rendem 141 cv e 27 kgfm. O trem de força promete um consumo médio de até 21,6 km/l.

O modelo já é vendido nos Estados Unidos em versão única LXS, onde custa US$ 26.000. Se vier para o Brasil, o veículo deve custar entre R$ 150 mil e R$ 200 mil.

Para sair da sombra das concorrentes asiáticas, marca terá uma nova estratégia de negócio focando em veículos híbridos e elétricos

Outra opção é o Kia Stonic, um SUV compacto com porte de Fiat Pulse e que tem opção híbrida-leve vendida no mercado asiático. Nessa configuração, ele é equipado com motor 1.0 TGDI (mesma família dos usados por Hyundai HB20 e Creta) que rende 120 cv e é auxiliado por um motor elétrico pequeno de 48 volts. O câmbio é automatizado de sete marchas e dupla embreagem 

Assim como o Niro, o Stonic teve o consumo medido pelo Programa Brasileiro de Etiquetagem do Inmetro, e registrou 13,3 km/l na cidade e 13,2 km/l na estrada, sempre abastecido com gasolina.

Atualmente, a Kia oferece por aqui o hatch Rio, os sedans Cerato e Stinger, os SUVs Sportage e Sorento e a minivan Grand Carnival, sendo todos eles a combustão. Resta esperar para saber qual o mais novo SUV híbrido do mercado.

Você também pode se interessar por:

Com preços dos combustíveis nas alturas, vale a pena ter um carro híbrido? 

Nissan avança no segmento de elétricos e transformará Leaf em SUV

Ter um carro elétrico no Brasil vale a pena? Quem tem responde 

Os 10 carros elétricos mais baratos à venda no Brasil 

Carros elétricos
veículos elétricos
mobilidade
Carros elétricos da Kia
SUV híbrido da Kia
Carros híbridos
rosto de óculos escuros

Comentários