Kia Bongo 2024: caminhão com porte de SUV leva mais carga que Hilux

Caminhão urbano ganhou inédita versão 4x4 e quer provar seu valor contra a ofensiva de veículos comerciais elétricos
Por Renan Bandeira
17.10.2023 às 15:40
Caminhão urbano ganhou inédita versão 4x4 e quer provar seu valor contra a ofensiva de veículos comerciais elétricos

O Kia Bongo ganhou uma importante novidade em 2023: a versão 4x4. A nova configuração substituiu imediatamente a 4x2 traseira que era vendida até março deste ano. O mais curioso é que o caminhãozinho com porte de Toyota SW4 e capacidade de carga superior ao da Hilux diesel.

Vale lembrar que o Kia Bongo é vendido no Brasil desde 2007. Com 16 anos de mercado, o veículo comercial é empurrado por um motor diesel 2.5 turbo com intercooler que rende até 130,5 cv de potência e 26 kgfm de torque, sempre acoplado à caixa manual de seis marchas. Parece pouco para um caminhão, mas se mostrou mais que suficiente para o uso diário.

Você também pode se interessar por: 

A Mobiauto conheceu e testou a nova configuração com tração 4x4 do Kia Bongo no evento de comemoração aos 30 anos de operação da empresa sul-coreana no Brasil. As fotos são da unidade cabine-chassi exposta no showroom da loja, mas a testada pela redação é a furgão. Veja os detalhes no vídeo abaixo ou nos próximos parágrafos deste artigo.

Kia Bongo 2500 4x4 2023 - Preço: 174.990

Kia Bongo 2500 4x4 2024 – 4 pontos positivos

1) Desempenho do motor: embora tenha apenas 130 cv de potência máxima, os 26 kgfm de torque em baixa rotação tornam o Kia Bongo bem ágil. Acelerações e retomadas de velocidades são dentro do esperado, e sobra torque com o veículo vazio. Com as quase toneladas de carga, que ele consegue levar, claro, o caminhão vai sentir um pouco mais. A boa notícia é que agora com a tração 4x4 há um auxílio a mais para superar as dificuldades nas entregas. O câmbio é bem ajustado com marchas de engate fácil, e é um ponto bastante positivo.

2) Versatilidade: são menos de 5 metros de comprimento. Ou seja, ele é menor que todas as picapes médias vendidas no Brasil. Mesmo assim leva 1,8 tonelada, que é quase o dobro da capacidade de carga das picapes dessa categoria. Com as medidas comedidas, ele é versátil para usar no perímetro urbano, fácil de manobrar e cabe em qualquer vaga comum. Isso quer dizer que dá para fazer entregas em qualquer lugar, sem necessitar de um espaço específico para carga e descarga. Otimiza tempo.

Além disso, é prazeroso de dirigir, com motor que responde bem a todo momento, suspensão macia para o motorista. Só uma pena que a pouca largura prejudica a estabilidade - a carroceria arrasta nem nas curvas.

3) Acabamento interno: o padrão de acabamento é o mesmo de outros veículos da marca. Aqui não temos partes macias ao toque, mas as partes plásticas são todas nem encaixadas. É simples, mas bem feito. Todo o assoalho é revestido por carpete, e os bancos são de tecido - uma outra boa notícia, já que o couro esquenta muito e costuma estragar com mais facilidade no dia a dia.

4) CNH B: com PBT (Peso Bruto Total) em 3.392 kg, não é necessário usar carta C para dirigi-lo. Ou seja, uma carteira convencional já é suficiente para usá-lo.

Kia Bongo 2500 4x4 2023 – 4 pontos negativos

1) Não tem direção elétrica: pensando em um veículo para usar em ciclo urbano, a direção elétrica seria bem-vinda. Principalmente para manobras com o baú carregado. A direção hidráulica é melhor na estrada, e dá um peso suficiente para tornar a condução mais segurança. No entanto, é pesada para manobras diárias.

2) Falta ar-condicionado: esse é o principal ponto negativo. Não se engane com os botões na parte central do painel, eles são os comandos para ventilação apenas. O ar-condicionado é um dos itens do chamado “kit dignidade” dos veículos no Brasil, e pode ser encontrado desde Fiat Mobi e Renault Kwid, que são os veículos mais baratos vendidos no Brasil atualmente. Sem ele, o Kia Bongo 4x4 perde bastante em conforto interno. 

Para contar com o item de conforto, o cliente pode optar K.498, que custa R$ 181.990. 

3) Volante sem regulagem: o banco tem ajustes manuais de posição, mas a coluna de direção não ajuda. Não há regulagem de altura nem profundidade, e encontrar uma posição de dirigir não é tão fácil assim. Lembrando que esse tipo de item já está disponível em grande parte dos veículos no mercado de zero km e um produto de quase R$ 200 mil deveria oferecer.

4) Não tem rádio, nem multimídia: existe um espaço na parte central no painel frontal para posicionar um sistema de áudio. No entanto, de série, a Kia não oferece o item. Assim como os dois itens citados acima, pelo valor do produto, o rádio poderia vir de fábrica, pelo menos.

Kia Bongo 2500 4x4 2024 – Ficha técnica

Motor: 2.5, dianteiro, longitudinal, quatro cilindros em linha, 16V, turbo, diesel, duplo comando de válvulas no cabeçote, injeção direta
Potência: 130,5 cv a 3.800 rpm
Torque: 26 kgfm a 1.500 rpm
Peso/potência: 14,3 kg/cv
Peso/torque:  71,6 kg/kgfm
Câmbio: manual de seis marchas
Tração: 4x2 e 4x4
0 a 100 km/h: 19 segundos
Velocidade máxima: 140 km/h

Consumo: 10,1 e 10,4 km/l, respectivamente nos ciclos urbano e rodoviário.

Dimensões: 4.825 mm comprimento, 2.415 mm entre-eixos, 1.740 mm largura, 1.995 mm altura, 1.812 kg de capacidade de carga, 60 litros do tanque de combustível, 1.862 kg de peso em ordem de marcha.

Dados técnicos: direção hidráulica, tração 4x4, suspensões independentes com braços sobrepostos (dianteira) e eixo rígido com feixe de molas semielípticas (traseira), freios a disco ventilados (dianteira) e tambor (traseira), 10 m diâmetro de giro, Cx não divulgado, ângulo de ataque não divulgado, ângulo central não divulgado, ângulo de saída não divulgado, 203 mm vão livre do solo.

Kia Bongo 2500 4x4 2024 – Equipamentos de série

  • Computador de bordo
  • Chave canivete
  • Acendedor de cigarros
  • Vidros com comandos elétricos
  • Antena de rádio
  • Luz de condução diurna
  • Detalhe cromado na grade frontal
  • Faróis com lâmpadas halógenas
  • Rodas de aço de 15”
  • Airbag duplo frontal
  • Alerta de não afivelamento do cinto de segurança para motorista

Kia Bongo 2500 4x4 2024 – vale a pena?

Sim. Embora não tenha ar-condicionado e alguns itens de conveniência, não dá para negar que a versatilidade do Kia Bongo é um prato cheio. Pequeno o suficiente para rodar na cidade, tem capacidade de carga bem superior ao de picapes mesmo sendo menor. E o melhor disso: custa quase R$ 40 mil a menos que os modelos dessa categoria, em suas versões mais baratas.

Kia Bongo 4x4
Kia Bongo 2024
Caminhão VUC
Carro VUC
Caminhão Kia
Comercial leve
veículo urbano de carga

Comentários