10 híbridos mais importantes que serão lançados em 2024

Montadoras preparam uma série de lançamento híbridos para 2024, saiba quais são eles
DR
Por
20.02.2024 às 12:45
Montadoras preparam uma série de lançamento híbridos para 2024, saiba quais são eles

Em meio a discussões e incertezas entre carros movidos a combustão e elétricos, os híbridos se apresentam como uma opção mais segura. De acordo com pesquisa do Consumer Report, veículos desse segmento possuem cerca de 26% e 95% menos problemas que carros convencionais e totalmente elétricos.

Você pode se interessar por: 

A maior segurança está no fato de haver um motor a combustão e tanque de combustível, uma vez que a falta de infraestrutura de carregamento elétrico no Brasil deixa o consumidor com o pé atrás com esse tipo de carro.

Se esse é o seu caso, fique de olho nos 10 híbridos mais importantes que serão lançados em 2024 no Brasil.

BYD Song Pro

A produção nacional da BYD deve se iniciar no último trimestre de 2024 na fábrica de Camaçari (BA), e o primeiro veículo nacional a ser produzido pela montadora pode ser o BYD Song Plus.

Sua condição de abrir a produção nacional ainda não é confirmada, mas as especificações de seu motor são. Seu conjunto híbrido plug-in será o mesmo utilizado no Song Plus, mas terá uma bateria maior, será menos potente, de 197 cv, e terá autonomia maior, de 110 Km. Além disso, terá alterações em seu design em relação ao modelo Plus.

GWM Tank e Poer

Assim como sua irmã chinesa BYD, a GWM também irá inaugurar sua fábrica no Brasil em 2024, em Iracemápolis (SP), e planeja uma série de lançamentos até o fim do ano.

Dentre as chegadas planejadas pela marca é possível encontrar modelos que utilizam conjunto híbrido. Eles são o SUV Tank 500 e a picape média Poer.

O SUV chega para competir no segmento de Toyota SW4 e Chevrolet Trailblazer. Já a Poer será rival de Hilux, apesar de ter dimensões maiores.

Ambas possuem câmbio automático de nove marchas e transmissão nas quatro rodas reduzida. A base de motorização também é a mesma, um motor 2.0 turbo a combustão 252 cv de potência e 38,7 kgfm de torque aliado a um elétrico de 163 cv, que combinados têm rendimento de 408 cv e 76,5 kgfm.

GMW Haval H4

As mudanças no sistema de tributação de veículos elétricos e híbridos no Brasil fizeram com que a GWM mudasse de planos e priorizasse a nacionalização do Haval H6 e ao inédito H4.

O novo lançamento irá brigar no segmento de SUVs médios e irá possuir o mesmo motor do H6, o 1.5 turbo, mas com propulsor elétrico de menor porte. Espera-se que o conjunto possua rendimento de 243 cv e 54 kgfm.

A fabricação nacional já é confirmada e não há chances de importação. O H4 será inicialmente produzido no modelo CKD, com seus componentes provenientes da China, e apenas soldados, montados e pintados nacionalmente.

Jaecoo J7

Com a promessa de fazer frente aos concorrentes, o SUV médio Jaecoo J7 aposta em um design inspirado em Land Rover para brigar no segmento de Jeep Compass e Toyota Corolla Cross.

Estreante no mercado brasileiro, a Jaecco é parte do grupo Chery, mas opera de forma independente da montadora, assim dividirá as concessionárias com a Omoda. Fora sua motorização plug-in e certos rumores sobre sua produção em Jacareí não existem muitas informações confirmadas.

Na China, seu país de origem, o carro possui 1.6 turbo de 186 cv e câmbio de dupla embreagem de sete marchas.

Jaecco J8

Ainda sobre a estreante nacional Jaecco, a marca prepara um SUV de grande porte e capacidade para sete pessoas para brigar com aJeepCommander.

O veículo será híbrido plug-in, no entanto não se sabe se ele já virá com bateria ou a trará depois. Seu motor é um 2.0 turbo com 250 cv de potência.

Jeep Compass e Commander PHEV

A Stellantis promete adotar de vez seu novo sistema Bio-Hybrid em seus dois SUVs da Jeep, Compass e Commander, em detrimento de sua plataforma a diesel. O conjunto oferece um sistema 4xe de tração nas quatro rodas e eixo traseiro movido por motor elétrico.

Ambas as produções serão realizadas em Goiana (PE) e trarão consigo um motor 1.3 turboflex que deve entregar 245 cv de potência, quando movido a etanol. 

Omoda C5

Assim como a Jaecco, a Omoda é uma marca que faz parte do grupo Chery e que lançará um SUV no Brasil em 2024.

Seu conjunto híbrido, ao invés de usar um alternador faz uso de um pequeno motor elétrico acionado em situações específicas, como para desligar o propulsor a combustão ou funcionar em conjunto com o propulsor convencional.

O rendimento total será de 156 cv e 23,4 kgfm, vindo em parte de seu motor 1.5 a gasolina.

Toyota Yaris Cross

Já foi confirmado que a produção do Yaris Cross se iniciará em novembro deste ano. A Toyota quer fazer de seu novo SUV nacional concorrente ferrenho de Chevrolet Tracker, Hyundai Creta, Jeep Renegade e VW T-Cross.

O Yaris Cross será o primeiro plug-in da marca no mercado nacional, fazendo parte do plano de eletrificação da marca.

Inicialmente o modelo seria importado do Japão, no entanto a montadora tem planos de nacionalizar sua produção e irá fabricar o Yaris Cross em Sorocaba (SP).

O conjunto elétrico conta com um propulsor 1.5 flex que contará com potência combinada de 113 cv e um câmbio transeixo e-CVT.

Receba as reportagens da Mobiauto via Whatsapp

Híbridos Brasil 2024
Híbridos lançamentos Brasil 2024
Lançamentos híbridos Brasil 2024
Híbridos principais lançamentos 2024
Principais lançamentos híbridos 2024
BYD Song Pro
GWM Poer
GWM Tank 500
Jaecoo j7
Jaecoo j8
GMW Haval H4
Jepp Commander híbrido
Jepp Compass híbrido
Omoda C5
Toyota Yaris Cross

Comentários