SUV x picape: 6 duelos para você saber qual a melhor opção

Toyota RAV4 híbrido se mostra mais vantajoso que Hilux em embate entre SUVs e picapes.
Por Camila Torres
11.12.2020 às 21h:23 • Att. há 3 meses
Toyota RAV4 híbrido se mostra mais vantajoso que Hilux em embate entre SUVs e picapes.

O segmento de SUVs cresceu significativamente no Brasil nos últimos anos, tanto que se tornou a segunda maior categoria do mercado nacional de carros 0 km, atrás apenas dos já populares hatches compactos. 

As picapes, que já têm tradição no mundo automotivo, representam uma fatia menor, mas nos últimos anos e, principalmente, durante a pandemia têm mostrado sua força e conquistado novos públicos.

Considerando todo esse contexto, sentimos a necessidade de criar uma matéria para dar um norte aos consumidores que, neste momento, estão em dúvida se estacionam um SUV ou uma picape na garagem.

Os embates são formados principalmente por faixa de preço, mas inserimos alguns entre família para deixar a disputa mais interessante, como por exemplo Toyota Hilux e RAV4 híbrido. Usamos três critérios para escolher o vencedor de cada confronto: desempenho, consumo e dimensões. 

Leia também: 22 SUVs que serão lançados no Brasil em 2021

Considerando que a picape sempre terá mais espaço para bagagem, mas que não oferece a mesma proteção que um porta-malas, mesmo com capota marítima, as malas não ficam livres de ficarem molhadas em dia de forte chuva, por exemplo. Por isso, o espaço interno é o ponto que vamos dar mais atenção. Explicações feitas, que comecem os jogos. 

Picape ou SUV? Seis comparativos para responder 

 1. Fiat Strada vs Chevrolet Tracker

Fiat Strada Freedom Cabine Dupla 1.3 Manual

Toyota RAV4 híbrido se mostra mais vantajoso que Hilux em embate entre SUVs e picapes.

Preço: R$ 80.290

Desempenho: motor 1.3 flex de 109 cv (a 6250 RPM) e 14,2 kgfm com etanol (a 3500 RPM) / 101 cv e 13,7 kgmf com gasolina / câmbio manual de cinco marchas / 0 a 100 km/h em 11,2 segundos

Consumo: 8,4 km/litro na cidade e 9,4 km/litro na estrada com etanol / 12,1 km/litro na cidade e 13,3 km/litro na estrada

Dimensões: 4.474 mm de comprimento, 2.737 mm de entre-eixos, 1.732 mm de largura, 1.606 mm de altura e 844 litros de capacidade da caçamba

Chevrolet Tracker 1.0 Turbo Manual

Toyota RAV4 híbrido se mostra mais vantajoso que Hilux em embate entre SUVs e picapes.

Preço: R$ 82.000

Desempenho: motor 1.0 turboflex de 116 cv (a 5500 RPM) e 16,8 kgfm (a 2000 RPM) com etanol / 116 cv e 16,3 kgfm com gasolina / câmbio manual de seis marchas / 0 a 100 km/h em 10,5 segundos

Consumo: 9 km/litro na cidade e 10,4 km/litro na estrada com etanol / 13 km/litro na cidade e 14,8 km/litro na estrada com gasolina

Dimensões: 4.270 mm de comprimento, 2.570 mm de entre-eixos, 1.791 mm de largura, 1.624 mm de altura e 393 litros de porta-malas

Veredicto

Começando pelo desempenho, o Chevrolet Tracker é um carro mais gostoso de guiar, mas isso se deve também por ele ser um carro de passeio, o que faz a direção ser mais leve e prazerosa. 

O SUV também mostrou mais agilidade, tanto que vai de 0 a 100 km/h em 10,5 segundos. A diferença é pequena em relação à Strada, mas ainda é uma vantagem. Sua suspensão traseira por eixo de torção também confere mais conforto do que a de eixo rígido com molas semielípticas da picape da Fiat.

Confira ofertas da Fiat Strada

No consumo, o ponto é do Tracker de novo, mas isso já era de se esperar, pois desde que foi lançado, o Tracker ocupa a posição de SUV mais econômico vendido no Brasil, chegando a fazer quase 15 km/litro. 

Nas dimensões, a Fiat Strada tem 844 litros de capacidade na caçamba, contra os 393 litros do bagageiro do Chevrolet Tracker. Em compensação, o espaço interno do SUV é bem melhor, acomodando bem até quando está com cinco pessoas. 

Confira ofertas do Chevrolet Tracker

Os passageiros traseiros têm um espaço honesto para as pernas e a largura do veículo também é suficiente para ninguém se sentir tão apertado. E os bancos são macios e confortáveis. 

Já o espaço interno da picape da Fiat não é tão bem acertado: apesar de as duas portas traseiras facilitarem o acesso, o vão para pernas é limitado e o encosto lombar do banco traseiro é fino tem ângulo quase reto em relação ao solo, sem opção de ajuste. 

Esse é um dos pontos que mostram que a Fiat Strada cabine dupla não é opção tão boa se servir como carro de passeio tamanho família. Afinal, ele ainda tem muito de um veículo para trabalho, pois é a essa categoria que ele pertence. 

Desde que a nova geração da Fiat Strada foi lançada, a picape tem ganhado muito elogios quando comparada a sua geração anterior ou a concorrentes. Porém, ao compará-la com o Chevrolet Tracker, a Strada ficou em desvantagem em quase todos os quesitos. Por isso, nesse embate, a vitória é do SUV.

2. Fiat Toro vs Jeep Renegade

Fiat Toro Endurance 2.0 Turbo Diesel Automático 4x4

Toyota RAV4 híbrido se mostra mais vantajoso que Hilux em embate entre SUVs e picapes.

Preço: R$ 142.990

Desempenho: motor 2.0 turbodiesel de 170 cv (a 3.750 rpm) e 35,6 kgfm (a 1.750 rpm) / câmbio automático de nove marchas e tração 4x4 / 0 a 100 km/h em 10 segundos

Consumo: 9,9 km/litro na cidade e 12,3 km/litro na estrada

Dimensões: 4.915 mm de comprimento, 2.990 mm de entre-eixos, 1.844 mm de largura (mm), 1.746 mm de altura e 820 litros de capacidade da caçamba

Jeep Renegade Moab 2.0 Turbo Diesel Automático 4x4

Toyota RAV4 híbrido se mostra mais vantajoso que Hilux em embate entre SUVs e picapes.

Preço: R$ 141.790

Desempenho: motor 2.0 turbodiesel de 170 cv (a 3750 rpm) e 35,6 kgfm (a 1750 rpm) / câmbio automático de nove marchas e tração 4x4 / 0 a 100 km/h em 9,9 segundos

Consumo: 10,2 km/litro na cidade e 12,9 km/litro na estrada

Dimensões: 4.232 mm de comprimento, 2.570 mm de entre-eixos, 1.805 mm de largura, 1.714 mm de altura e porta-malas de 320 litros

Veredicto 

Essa foi a disputa mais acirrada da lista. Como a Fiat Toro e Jeep Renegade são fabricados pela mesma empresa, compartilhando plataforma, peças, equipamentos e motorização, o desempenho tanto da Toro quanto do Renegade são parecidos. Os números provam isso. 

Um ponto interessante é que a picape é mais pesada que o SUV - são mais de 200 kg de diferença, o que poderia deixar a Toro em desvantagem na performance. Porém, como ela tem uma aerodinâmica melhor, o 0 a 100 km/h de ambos acaba sendo quase idêntico. Em consumo, vitória um pouco menos apertada para o Jeep. 

Confira ofertas da Fiat Toro

Nas dimensões, como já era esperado, a Fiat Toro é maior desde o espaço interno até a capacidade para carga e bagagem, visto que são 820 litros contra meros 320 litros do Jeep Renegade. 

A picape só perde no conforto para os passageiros dos bancos traseiros, pois o encosto dos assentos é mais reto, o que pode gerar um pouco de incômodo nas viagens. Mas o espaço para as pernas não é tão diferente assim.

Confira as melhores ofertas do Jeep Renegade

A distância de preços é de R$ 1.200, pequena demais para ser uma vantagem. Considerando o desempenho parelho, o consumo similar e que a maior diferença ficou por conta do porte, a vitória é da Fiat Toro. Mas se espaço não for um fator que faz diferença para você, a escolha pode ser totalmente por questão de gosto. 

3.Volkswagen Amarok vs Volkswagen Tiguan R-Line 

VW Amarok Comfortline Cabine Dupla 2.0 Turbo Diesel Automático 4x4

Toyota RAV4 híbrido se mostra mais vantajoso que Hilux em embate entre SUVs e picapes.

Preço: R$ 210.450

Desempenho: motor 2.0 turbodiesel de 180 cv (a 4000 RPM) e 42,8 kgfm (a 1750 RPM) / câmbio automático de oito marchas e tração integral / 0 a 100 km/h em 10,9 segundos

Consumo: 8,2 km/litro na cidade e 8,4 km/litro na estrada com diesel

Dimensões: 5.254 mm de comprimento, 3.097 mm de entre-eixos, 1.954 mm de largura, 1.834 mm de altura e 1.280 litros de capacidade da caçamba

Volkswagen Tiguan R-Line 350 TSI Gasolina Automático DSG (sete lugares)

Toyota RAV4 híbrido se mostra mais vantajoso que Hilux em embate entre SUVs e picapes.

Preço: R$ 212.790

Desempenho: motor 2.0 turbo a gasolina de 220 cv (a 4300 RPM) e 35,7 kgfm (a 1600 RPM) / câmbio automático de sete marchas / 0 a 100 km/h em 6,8 segundos

Consumo: 8,3 km/litro na cidade e 9,6 km/litro na estrada

Dimensões: 4.701 mm de comprimento, 2.790 mm de entre-eixos, 1.839 mm de largura, 1.658 mm de altura e 686 litros de porta-malas 

Veredicto

Outra briga boa, novamente dentro de casa, é a da Volkswagen Amarok contra o Tiguan Allspace. Apesar de irmãos, os dois modelos têm pouco em comum, a começar pelo conjunto mecânico. A picape entrega mais torque (força imediata de arrancada) e o SUV, mais potência (elasticidade e velocidade final). 

A Amarok, como toda picape média 4x4 precisa ser, encara grandes obstáculos e passa por cima de pau e pedra. Já o Tiguan chega mais rápido ao destino e oferece mais sofisticação e conforto para quem está a bordo, e ainda pode levar até sete passageiros.

Mesmo o Tiguan sendo um carro de grandes proporções, consegue ir de 0 a 100 km/h em 6,8 segundos nesta versão, um tempo invejável para categoria.

Na autonomia, apesar de a Volkswagen Amarok ter um dos piores consumos da categoria, acaba sendo mais econômica que o VW Tiguan, já que a picape é a diesel, que tem um melhor custo-benefício que a gasolina.

Confira as melhores ofertas da Volkswagen Amarok

No quesito dimensões, a picape é um monstro. Mesmo o Tiguan sendo um carro de grandes proporções, perde sua imponência se comparado à prima. No entanto, a Amarok tem seu lugar ao sol por causa da caçamba de 1.280 litros de capacidade. Na cabine, o espaço não é dos mais generosos, mas o suficiente para uma viagem confortável. 

Já o Volkswagen Tiguan, com apenas cinco passageiros, oferece espaço para todo mundo viajar bem relaxado. Até pessoas mais altas e fortes não podem reclamar de espaço a bordo do SUV. E ainda tem 686 litros de porta-malas. A coisa só aperta (literalmente), e o espaço para malas some, em viagens com sete pessoas.

Confira as melhores ofertas do VW Tiguan

Parece que tivemos um empate técnico aqui, assim como acontece nas partidas de xadrez vez ou outra. A diferença é que aqui o empate foi proposto por quem vos escreve. A VW Amarok sai na frente em aventuras off-road, pois é capaz de encarar qualquer terreno. E, apesar de ter um tamanho monstruoso, no fim das contas consegue ser mais econômica.

Já o VW Tiguan é sinônimo de espaço, conforto, desempenho final e uma pitada de sofisticação, e ainda tem capacidade para sete pessoas se for o caso. 

O SUV ainda oferece algo que é capaz de mexer com o coração dos apaixonados por boa performance: tem fôlego de sobra na estrada, mesmo com o carro cheio. O único que pode desempatar essa disputa é o próprio consumidor, com seus gostos e necessidades pessoais.

 4. Mitsubishi L200 Triton Sport vs Mitsubishi Outlander 

Mitsubishi L200 Triton Sport HPE Cabine Dupla 2.4 Diesel Automático 4x4

Toyota RAV4 híbrido se mostra mais vantajoso que Hilux em embate entre SUVs e picapes.

Preço: R$ 219.990

Desempenho: motor 2.4 turbodiesel de 190 cv (a 3500 RPM) e 43,9 kgfm (a 2500 RPM) / câmbio automático de seis marchas e tração 4x4 com reduzida / 0 a 100 km/h em 10,4 segundos

Consumo: 9,8 km/litro na cidade e 11,8 km/litro na estrada com diesel 

Dimensões: 5.300 mm de comprimento, 3.000 mm de entre-eixos, 1.820 mm de largura, 1.795 mm de altura e 1.046 litros de porta-malas

Mitsubishi Outlander HPE-S 3.0 V6 Gasolina Automático 4x4 (sete lugares)

Toyota RAV4 híbrido se mostra mais vantajoso que Hilux em embate entre SUVs e picapes.

Preço: R$ 217.990

Desempenho: motor 3.0 V6 de 240 cv (a 6250 RPM) e 31 kgfm (a 3750 RPM)/ câmbio automático de seis marchas e tração 4x4 / 0 a 100 km/h em 8,7 segundos

Consumo: 8,2 km/litro na cidade e 10,3 km/litro na estrada com gasolina

Dimensões: 4.695 mm de comprimento, 1.680 mm de entre-eixos, 1.810 mm de largura, 1.680 mm de altura e 595 litros de porta-malas

Veredicto 

Outra disputa acirrada, para variar. De um lado, a Mitsubishi L200 Triton Sport, um modelo que é referência entre as picapes. Do outro, o Mitsubishi Outlander, que já foi muito relevante no mercado de SUV de sete lugares, mas hoje anda meio ofuscado. 

Assim como o VW Tiguan Allspace, o Mitsubishi Outlander se destaca pelo motor potente: são simplesmente 50 cv a mais que a L200, mas quase 13 kgfm de torque a menos. 

Para o SUV, essa desvantagem no torque não faz tanta falta no desempenho, já que tem uma capacidade de carga muito menor. A picape tem 1.046 litros de caçamba, contra 595 litros do primo. 

Confira as melhores ofertas da Mitsubishi L200 Triton 

Porém, o Outlander tem a vantagem de oferecer sete lugares. Para quem tem família grande, a disputa acaba aqui. Para quem precisa somente dos cinco assentos, o SUV oferece espaço de sobra no bagageiro. 

Nesse caso, a decisão fica entre mais espaço para carga e valentia off-road, ou mais espaço para as pessoas. E, como já falado acima, é importante lembrar que o isolamento de uma caçamba é inferior ao de um porta-malas: em dias de chuva forte, as bagagens não ficam ilesas sem uma boa proteção. 

Confira as melhores ofertas do Mitsubishi Outlander

Na economia de combustível, a Mitsubishi L200 Triton Sport, uma das picapes mais econômicas da categoria, sai na frente disparadamente do SUV. Por incrível que pareça, a picape é muito mais econômica que o utilitário esportivo. 

A Mitsubishi L200 Triton Sport é mais vantajosa pela capacidade de carga, consumo e por ser parruda o suficiente para encarar qualquer terreno. E, como foi atualizada recentemente, traz mais tecnologias a bordo.

Já o Mitsubishi Outlander tem um excelente espaço interno ou capacidade para até sete passageiros, e a direção é indiscutivelmente animadora por conta dos 240 cv. Mas é um projeto que precisa de renovação. Por isso, aqui a vitória é da picape. 

 

5. Toyota Hilux vs Toyota RAV4 Híbrido

Toyota Hilux 2.8 Diesel SRX Automático 4×4

Toyota RAV4 híbrido se mostra mais vantajoso que Hilux em embate entre SUVs e picapes.

Preço: R$ 241.990

Desempenho: motor 2.8 turbodiesel de 204 cv (a 3400 RPM) e 50,9 kgfm (a 2800) / câmbio automático de seis marchas e tração 4x4 com reduzida / 0 a 100 km/h em 12 segundos

Consumo: 9 km/litro na cidade e 10,5 km/litro na estrada com diesel

Dimensões: 5.325 mm de comprimento, 3.085 mm de entre-eixos, 1.855 mm de largura, 1.815 mm de altura e 1.000 litros de capacidade da caçamba

Toyota RAV4 S Connect Hybrid Automático AWD

Toyota RAV4 híbrido se mostra mais vantajoso que Hilux em embate entre SUVs e picapes.

Preço: R$ 241.990

Desempenho: motor 2.5 a gasolina de 178 cv (a 5700 RPM) e 22,5 kgfm (a 3600 RPM) / dois motores elétricos dianteiros, cada um de 59,5 cv e 10,3 kgfm / motor elétrico traseiro de 54 cv e 12,3 kgfm / potência combinada de 222 cv e torque combinado de 27,9 kgfm / câmbio automático de seis marchas e tração integral / 0 a 100 km/h em 8,1 segundos

Consumo: 14,3 km/litro na cidade e 12,8 km/litro na estrada

Dimensões: 4.600 mm de comprimento, 2.690 mm de entre eixos, 1.855 mm de largura, 1.685 mm de altura e porta-malas de 580 litros

Veredicto 

Esse é um embate puramente de preços, visto que as propostas são muito distintas: uma das picapes mais respeitadas no segmento contra um SUV híbrido. Isso que é uma disputa interessante. 

Se a Toyota Hilux é um veículo robusto, capaz de encarar boas trilhas e aventuras mundo afora, o RAV4 tem como foco principal o compromisso entre porte, bom espaço interno e desempenho com eficiência energética de dar inveja a qualquer 1.0. Nele, a tração integral tem função mais de estabilidade no asfalto do que para uso off-road.

Nada melhor que os números para mostrar do que cada um é capaz e qual o melhor. Comecemos pelo desempenho: a Hilux leva vantagem no torque, tendo quase o dobro que seu irmão SUV. Já o RAV4, com seu motor a combustão casado a três elétricos, entrega 18 cv a mais de potência. 

Confira as melhores ofertas da Toyota Hilux

O torque poderia ser maior, pelas proporções do SUV, mas nada que impacte tanto a performance, pois os 222 cv fazem com que o modelo continue entregando agilidade e um 0 a 100 km/h em 8,1 segundos. Até porque o pico de torque com os motores elétricos é entregue de maneira imediata. 

E se o RAV4 conseguiu sair na frente na potência, já é de se esperar que tenha uma boa vantagem no consumo. Novamente o ponto vai para o SUV híbrido. Nas dimensões, chega a vez de a picape se destacar, pois são 1.000 litros de capacidade da caçamba. 

Confira as melhores ofertas do Toyota RAV4

Mas o espaço interno da picape nem se compara com o do RAV4. O SUV é ideal para longas viagens, com bancos confortáveis e espaço generoso, capaz de agradar pessoas com os mais variados biotipos. O porta-malas também é amplo, 580 litros.

Com vantagem no desempenho, consumo, espaço interno e conforto (afinal, suas suspensões são muito mais amigas do asfalto que as da Hilux), e custando exatamente o mesmo preço, o Toyota RAV4 híbrido leva a vitória sem grandes dificuldades.

A Hilux fica indicada para quem precisa acessar terrenos mais inóspitos.
 

6. Ram 1500 vs Jeep Wrangler

Ram 1500 Rebel Automático 4x4

Toyota RAV4 híbrido se mostra mais vantajoso que Hilux em embate entre SUVs e picapes.

Preço: R$ 419.990

Desempenho: motor 5.7 V8 a gasolina de 400 cv e 56,7 kgfm / câmbio automático de oito marchas / tração 4x4 / 0 a 100 km/h em 6,4 segundos

Consumo: não divulgado

Dimensões (dados aproximados): 5.920 mm de comprimento; 2.084 mm de largura; 2.020 mm de altura.

Jeep Wrangler Rubicon 2.0 Turbo Gasolina Automático 4x4 

Toyota RAV4 híbrido se mostra mais vantajoso que Hilux em embate entre SUVs e picapes.

Preço: R$ 432.590

Desempenho: motor 2.0 turbo a gasolina de 272 cv (a 5250 RPM) e 40,8 kgfm (a 3000 RPM) / câmbio automático de oito marchas e tração 4x4 / 0 a 100 km/h em 9 segundos

Consumo: 7,3 km/litro na cidade e 7,8 km/litro na estrada com gasolina

Dimensões: 4.785 mm de comprimento, 3008 mm de entre-eixos, 1.875 mm de largura, 1.868 mm de altura e 498 litros de porta-malas

Leia também: Seis picapes que serão lançadas no Brasil em 2021

Ainda pouco se sabe sobre a Ram 1500, mas a picape já mostrou que veio para impactar o mercado. E, como os números mostram, a picape não é apenas mais potente e forte que o Jeep Wrangler, um dos SUVs mais parrudos e robustos do segmento, como também é generosamente maior e isso inclui o espaço interno da cabine também. 

Mesmo o Wrangler Rubicon sendo uma excelente opção off-road e até mais caro que a Ram 1500, o SUV não deu conta de toda a imponência e força da picape. Com isso, a 1500 ganhou este duelo com louvor. 

Talvez você também não se interesse:

As 6 melhores picapes 4x4 cabine dupla entre R$ 50 mil e R$ 60 mil
Chevrolet Silverado, Ram 1500 e Ford F-150: picapes grandes vêm ao Brasil?
Conheça as picapes mais econômicas vendidas no Brasil
As picapes mais fortes do Brasil (já com as novas Amarok V6 e Hilux)

PicapesSUVsSUVs de 7 lugaresPicapes Cabine DuplaLançamentos automotivosPicape ou SUVSUV 4x4Picape 4x4
Comentários