Ram 1500: picape de R$ 300 mil chega em 2021 com motor híbrido

Lançamento atrasou de novo, mas flagra mostra que ela voltou a ser testada no país
Por Leonardo Felix
20.10.2020 às 21h:50 • Att. há cerca de 1 mês
Lançamento atrasou de novo, mas flagra mostra que ela voltou a ser testada no país

Já faz quase dois anos que se especula a chegada da picape média-grande Ram 1500 ao Brasil. Na verdade, seu lançamento estava previsto para ocorrer em meados deste ano, mas a pandemia do coronavírus e a montanha-russa da cotação do dólar atrapalharam tudo.

Ainda havia chances de o modelo, cujo porte fica entre o de uma Toyota Hilux ou Chevrolet S10 e o da grandalhona Ram 2500, ser lançada no fim deste ano, mas a reportagem da Mobiauto apurou que essa hipótese já está descartada.

Confira o valor do seu carro na Tabela Fipe

Agora, o lançamento deve ficar para o primeiro semestre de 2021, com preços na faixa de R$ 300 mil. Mas ele deve acontecer. Tanto que protótipos da 1500 voltaram a ser flagrados em testes pelo Brasil. Os da imagem foram feitos na cidade praiana de Ubatuba (SP), e gentilmente cedidas por Mateus Assumpção. 

Ambas as unidades flagradas, nas cores branca e prata, são da versão Rebel, de apelo mais aventureiro. Ela traz grade incrementada com um “bigode” em preto fosco, para-choques também com acabamento em preto fosco e caixas de rodas emolduradas, além de pneus para uso em off-road.

Leia também: 22 SUVs que serão lançados no Brasil em 2021

Especulada há quase 2 anos, picape teve lançamento atrasado de novo, mas flagra mostra que ela voltou a ser testada no país

Ela será uma das configurações lançadas no país junto com a Laramie (a da imagem de abertura desta reportagem), cuja grade cheia de cromados e as rodas maiores, calçada por pneus de perfil mais baixo, externam seu perfil mais luxuoso. Seja qual for a opção, os preços devem ficar sempre próximos (ou acima) de R$ 300 mil.

O motor deve ser o V6 3.0 turbodiesel de 263 cv e 66,3 kgfm. Para tanto, sua capacidade de carga terá de ser homologada para 1 tonelada no Brasil, condição sine qua non para uso de motores diesel entre picapes no país.

Especulada há quase 2 anos, picape teve lançamento atrasado de novo, mas flagra mostra que ela voltou a ser testada no país

Outra opção é o V8 Hemi de 400 cv e 56,7 kgfm, auxiliado por um sistema híbrido leve de 16 cv e 48V, que auxilia nas arrancadas e acelerações e recupera parte da energia dissipada nas desacelerações, ajudando a melhorar a eficiência energética da picape. O câmbio é sempre automático de oito marchas.

Leia também: Macan: o que o Porsche mais barato do Brasil tem?

Especulada há quase 2 anos, picape teve lançamento atrasado de novo, mas flagra mostra que ela voltou a ser testada no país

Vale lembrar que, diferentemente da 2500 – cujo PBT (peso bruto total) é de 4,5 toneladas e, por isso, exige CNH tipo C para ser conduzida -, a 1500 poderá ser dirigida por motoristas com habilitação tipo B, para carros de passeio comuns.

Em dimensões, a 1500 deve vir na configuração com 5.816 mm de comprimento, 2.084 mm de largura e 2.023 mm de largura. Como comparação, uma Toyota Hilux mede 5.315 mm, 1.855 mm e 1.815 mm, respectivamente. Já a RAM 2500 tem 6.030 mm de comprimento.

[video]

Talvez você também se interesse por:

Picape Fiat (ou seria Ram?) para brigar com Hilux e S10 está a caminho
Conheça as picapes mais econômicas vendidas no Brasil
Primeira picape elétrica do mundo está no Brasil, mas é robusta como uma diesel?

picapepicape granderamram 1500dodge ramflagra de carro
Comentários