Nova Fiat Toro diesel de até R$ 200.000 queria ser Ram 1500

Projeção mostra como deve ficar a grade da picape nas versões Ranch e Ultra da linha 2022, inspirada na prima gringa
Por Leonardo Felix
16.04.2021 às 19h:30 • Att. há 29 dias
Projeção mostra como deve ficar a grade da picape nas versões Ranch e Ultra da linha 2022, inspirada na prima gringa

Há alguns dias, a Mobiauto exibiu um flagra de dois protótipos da Fiat Toro 2022 com soluções diferentes para a grade dianteira. Conforme adiantamos naquela oportunidade, a linha renovada da picape, que será lançada na próxima quinta-feira (22), terá visual diferente entre a configuração 1.3 turboflex de 180/195 cv e a 2.0 turbodiesel com mais de 200 cv e quase 40 kgfm.

O colega Renato Aspromonte, do @overboostbr, em parceria com o canal De Carona com o Leandro, preparou uma projeção antecipando como deve ficar a “cara” da nova Toro turbodiesel nas versões Ranch e Ultra, as duas que devem adotar a grade mais larga, robusta, proeminente e com bordas destacadas em preto fosco, conceito inspirado na prima Ram 1500 Rebel.

Anuncie seu carro sem pagar na Mobiauto

Para as opções turboflex, conforme já revelou este outro flagrante de uma unidade que saía da linha de montagem em Goiana (PE), a grade será mais parecida com a do modelo atual, porém achatada, sem a borda fosca (apenas uma discreta barra no sopé do capô) e com um anel cromado contornando os faróis e o logotipo da Fiat, ao centro.

Em ambos os casos, o conjunto óptico dianteiro será o mesmo: ainda dividido em três níveis (luzes diurnas de LED acima, posição dos faróis convencionais; luzes principais no meio do para-choque; faróis de neblina mais abaixo), porém integralmente de LED na maioria das versões.

Leia também: Hyundai Santa Cruz quer intimidar Toro com potência de Amarok V6

Projeção mostra como deve ficar a grade da picape nas versões Ranch e Ultra da linha 2022, inspirada na prima gringa
Projeção mostra como deve ficar a "cara" da Toro 2022 nas versões flex

Já que falamos na Ram 1500, a picapona gringa servirá de inspiração também na cabine: é dela que a nova Toro copiará a central multimídia de 12 polegadas estilo tablet, com tela vertical, nas versões de topo com propulsor flex ou diesel. Além disso, o quadro de instrumentos da picape será 100% digital, a depender da configuração escolhida.

Já as configurações mais básicas terão sistema multimídia de 8,4 polegadas e cluster com mostradores analógicos mais computador de bordo digital.

Leia também: As melhores picapes 4x4 na faixa de R$ 100 mil

Projeção mostra como deve ficar a grade da picape nas versões Ranch e Ultra da linha 2022, inspirada na prima gringa
Inspiração para a grade da nova Toro diesel vem da Ram 1500

Em novembro, publicamos que a Toro 2022 virá dotada de faróis full-LED por refletores côncavos (sem projetores) e diversas tecnologias semiautônomas de condução: controle de cruzeiro adaptativo, frenagem autônoma emergencial e auxílio de permanência na faixa de rolagem.

Sob o cofre, a nova Toro receberá o tão aguardado motor 1.3 T4 GSE 16V turboflex, com injeção direta e sistema MultiAir para variação de tempo e amplitude de abertura das válvulas de admissão. Já confirmado para o novo Compass, ele gera 180/185 cv de potência (gasolina/etanol) e 27,5 kgfm de torque (qualquer combustível).

Leia também: Está mais barato comprar este avião do que um Renegade, T-Cross ou Tracker

Nesta configuração, o câmbio será sempre automático de seis marchas da Aisin e a tração, 4x2 dianteira, mas com uma nova sacada: o sistema “E-Locker” que equipa a nova geração da Strada. Ou seja: será possível promover o bloqueio do diferencial dianteiro através de uma tecla chamada “TC+” logo abaixo da central multimídia.

Projeção mostra como deve ficar a grade da picape nas versões Ranch e Ultra da linha 2022, inspirada na prima gringa
Projeção de Jonathan Machado antecipa como deve ficar o painel da TOro nas versões de topo: central vertical gigante e cluster 100% digital

Já as versões 4x4 a diesel seguirão usando o motor 2.0 MultiJet aliado à caixa automática com conversor de torque de nove marchas da ZF, porém recalibrado para entregar mais de 200 cv e cerca de 40 kgfm. No entanto, diferentemente do novo Jeep Compass, a Toro 2022 diesel dispensará o tanque de Arla 32. 

As configurações de topo da picape, justamente as que ostentarão a grade mais robusta, devem seguir sendo a Ranch e a Ultra. Esta última seguirá contendo uma capota rígida na caçamba, como se fosse um sedan. Já a versão de entrada, Endurance, manterá o velho 1.8 E.torQ de 132/139 cv, com opções de câmbio manual ou automático.

Você também pode se interessar por:

Fiat terá três SUVs tamanho P, M e G nos próximos anos
Quais carros de Jeep e Fiat terão motor turbo (e quando chegam)
Assinar um Fiat ou Jeep custará de R$ 1.350 a R$ 4.730 por mês
Stellantis: como fusão afetará Fiat, Jeep, Citroën e Peugeot no Brasil

Fiat Toro 2022Nova Fiat ToroFiat Toro Ranch 2022Fiat Toro Ultra 2022Nova Fiat Toro dieselNova Fiat Toro 4x4Nova Fiat Toro duas grades

Comentários