Fiat Mobi 2022 projeta celular sem fio no multimídia por R$ 55.000

Carro de entrada da marca vira o ano-modelo com novidades quase todas voltadas à versão de topo. Só que ela ficou R$ 4.000 mais cara
Por Leonardo Felix
18.05.2021 às 20h:29 • Att. há cerca de 1 mês
Carro de entrada da marca vira o ano-modelo com novidades quase todas voltadas à versão de topo. Só que ela ficou R$ 4.000 mais cara

A Fiat divulgou nesta terça-feira (18) a linha 2022 do Mobi, o carro de entrada da marca no país. O subcompacto continuará sendo vendido em três versões, Easy, Like e Trekking, mas só a última recebeu novidades em relação a visual e equipamentos.

Na linha 2022, o Mobi Trekking passa a contar com um novo adesivo em alusão à versão no capô, emblemas escurecidos da Fiat na grade e na tampa do porta-malas, e retrovisores externos com luzes de seta integradas.

Leia também: Novo VW Virtus terá faróis de Nivus e será diferente do Polo

Carro de entrada da marca vira o ano-modelo com novidades quase todas voltadas à versão de topo. Só que ela ficou R$ 4.000 mais cara

Além disso, a versão aventureira oferecerá de série sistema de áudio com quatro alto-falantes e dois tweeters, e a nova geração da central multimídia UConnect, de 7 polegadas, já usada pela irmã Strada e que permite projetar celulares via Apple CarPlay e Android Auto sem fio.

Obviamente, a dose extra de estilo e conectividade não viria sem um reajuste de preço: o Mobi Trekking passou de R$ 51.390 para R$ 55.490, uma diferença de R$ 4.100.

Leia também: Caoa Chery Tiggo 3X terá motor menos potente que o Tiggo 2

Carro de entrada da marca vira o ano-modelo com novidades quase todas voltadas à versão de topo. Só que ela ficou R$ 4.000 mais cara

Já a versão intermediária, Like, ganhou repetidor de seta nos retrovisores externos. O incremento a fez encarecer em R$ 1.100, subindo de R$ 50.590 para R$ 51.690. Por fim, a opção Easy não recebeu mudanças. Ainda assim, ficou R$ 1.000 mais cara, indo de R$ 42.990 para R$ 43.990.

As três versões do Mobi 2022 seguem equipadas com o velho motor 1.0 Fire Evo, um quatro-cilindros aspirado de 75 cv com etanol. Por enquanto, nada de o Firefly três-cilindros de 77 cv voltar à ativa no subcompacto. O câmbio é sempre manual de cinco marchas. 

Uma curiosidade é que as versões Like e Trekking possuem uma calibração mais alta do conjunto de suspensões, elevando o vão livre do solo de 156 mm do Mobi Easy para 190 mm.

Você também pode se interessar por:

Avaliação: Fiat Toro 2022, o que melhorou e o que deveria ter melhorado
Fiat Uno deixa só uma versão em linha e sinaliza para a morte
Fiat terá três SUVs tamanho P, M e G nos próximos anos
Quais carros de Jeep e Fiat terão motor turbo (e quando chegam)
Assinar um Fiat ou Jeep custará de R$ 1.350 a R$ 4.730 por mês
Stellantis: como fusão afetará Fiat, Jeep, Citroën e Peugeot no Brasil

Fiat Mobi 2022Fiat Mobi Trekkingcarro de entradahatch de entradacarro subcompactocarro hatchcarro 1.0carro flex

Comentários