Segredo: Honda Civic deve sobreviver no Brasil como importado e híbrido

Marca japonesa deixará de fabricar sedan médio no país, mas ele ainda deve ser comercializado em nosso mercado. O problema será o preço...
Por Leonardo Felix
23.07.2021 às 18h:39 • Att. há cerca de cerca de 2 meses
Marca japonesa deixará de fabricar sedan médio no país, mas ele ainda deve ser comercializado em nosso mercado. O problema será o preço...

A Honda vai promover mudanças importantes em sua gama de produtos fabricados no Brasil, conforme já contamos neste outro artigo. Dos cinco modelos produzidos atualmente em Sumaré e Itirapina, ambas fábricas lotadas no Estado de SP, só sobrarão três (City, WR-V e HR-V), enquanto o Fit será substituído pelo City hatch e o Civic deixará de ser nacional.

Porém, ao passo que o monovolume será totalmente descontinuado para abrir espaço ao inédito hatchback derivado do City, o sedan médio ainda tem boas chances de sobreviver em nosso mercado para seguir como o principal rival do Toyota Corolla. A diferença é que ele passará a vir importado, provavelmente do México.

De acordo com nossas mais recentes apurações, outra surpresa dessa movimentação envolvendo a marca japonesa é que o Civic de 11ª geração, o substituto do G10 produzido em Sumaré, deve chegar ao nosso mercado em uma variante híbrida.

Consulte o valor do seu carro na Tabela Fipe

Marca japonesa deixará de fabricar sedan médio no país, mas ele ainda deve ser comercializado em nosso mercado. O problema será o preço...

Isso porque a Honda possui um plano de lançar três modelos eletrificados no Brasil até 2023. O primeiro, o sedan grande Accord, já foi apresentado no ano passado. Outro deve ser o SUV médio CR-V, mas só quando ele passar da quinta para a sexta geração, justamente em 2023.

Sobra espaço para mais um entre eles, e é aí que entra o Civic, trazido como importado e híbrido da América do Norte para brigar com o Corolla Altis Hybrid. A diferença é que seu trem de força terá um sistema bem peculiar de funcionamento, chamado e:HEV, e deve ser movido apenas a gasolina.

Segundo os amigos do Autos Segredos, a fabricante já teria comunicado à rede concessionária sobre a permanência do Civic no catálogo, como importado, a partir do ano que vem. Resta saber quando ocorrerá o lançamento.

Animou-se com a notícia? A faixa de preços do novo Civic é que não deve ser muito animadora: entre R$ 150.000 e R$ 200.000. Para entender melhor qual a origem e como será o novo Civic 11 híbrido que deve chegar o Brasil, confira o nosso vídeo exclusivo do quadro O Que Vem Pra Pista:

Você também pode se interessar por:

Novo Honda Civic troca vincos e arrojo por tecnologia. Veja 5 detalhes
Avaliação: algum truque do Honda WR-V justifica o preço?
Avaliação: Honda Civic está ameaçado no Brasil, mas ainda é um carrão
Honda Civic, um dos nacionais mais longevos, deve deixar de ser brasileiro

Novo Honda Civic
Honda Civic importado
Novo Honda Civic eHEV
Novo Honda Civic híbrido
Novo Honda Civic Hybrid
carro híbrido
carro importado
carro sedan
sedan importado
sedan híbrido
sedan médio
toyota corolla
honda civic
Honda Civic 2023
rosto de óculos escuros

Comentários