Jeep Compass e Commander de 272 cv já tem data para chegar; veja o que sabemos

SUVs vão ganhar versão esportiva, batizada de Blackhawk e com mesmo motor da Rampage
Vinicius Moreira
Por
04.03.2024 às 15:53
SUVs vão ganhar versão esportiva, batizada de Blackhawk e com mesmo motor da Rampage

Desde o ano passado, Mobiauto divulga flagras das novas versões mais envenenadas de Jeep Compass e Commander no Brasil. Os SUVs serão equipados com a mesma motorização da Ram Rampage, que rende 272 cv de potência e combina um câmbio automático de nove marchas com a tração 4x4 permanente.

A Fiat reservou datas para que o lançamento ocorra até o próximo mês de abril. No caso do Compass, a nova versão deverá matar a configuração do modelo com motor 2.0 diesel.

Você também pode se interessar:

A inédita versão dos SUVs terá exatamente no trem de força seu maior atrativo. Movido a gasolina, o propulsor Harricane, que também equipa o Jeep Wrangler, vai posicionar a opção Blackhwak como as mais caras os modelos.

Para reforçar alguns detalhes da esportividade, emblemas e descrições ao longo dos SUVs ganharam tons escurecidos. No Commander, por exemplo, acabamentos cromados da variante Overland também ganharão cores mais escuras.

Jeep Compass 2025

Assim como o irmão mais velho Commander, a configuração Blackhawk será posicionada no topo da gama, excluindo é claro o preço da versão híbrida do Compass.

Ainda sem muito divulgado sobre ganhos de acabamento, um flagra do Mundo Drive revelou que o painel de instrumentos digital terá animação exclusiva para a versão Black Hawk.

O Compass Black Hawk também terá na sua pintura o mesmo estilo da versão S. Espera-se um ganho de instrumentos como uma câmera com visão em 360 graus.

O motor Hurricane, o qual vamos detalhar mais abaixo, que vai equipar o Compass será conectado ao câmbio automático de nove marchas. A tração 4x4 é equipada com reduzida, bloqueio de diferencial e controle de velocidade em descida.

Jeep Commander 2025

Além do novo trem de força mais potente, o Jeep Commander vai passar por uma espécie de facelift com algumas mudanças visuais. O formado da grade frontal mudou, assim como a entrada de ar do para-choque, agora maior. Tudo para ajudar na ventilação para o motor 2.0 turbo.

Para reforçar ainda mais a ideia de esportividade no SUV de sete lugares, as pinchas dos freios serão vermelhas. Assim como a saída dupla de escape com ponteira cromada.     

Motor 2.0 turbo T400 

Com seus 1.685kg, o Commander leva cerca de 10,1 segundos para sair da inércia e chegar aos 100 km/h. Isso com o atual trem de força 1.3 turbo de 185 cv de potência e 27,5 kgfm de torque. Além da versão a gasolina, o SUV é oferecido com o motor a diesel 2.0 turbo diesel de 170 cv de potência e 38,7 kgfm de torque.

Na versão Blackhawk, o motor será o 2.0 Hurricane, torque de 40,8 kgfm. Com a Rampage, a picape atinge os três dígitos de velocidade em 7,9 segundos, algo que deve empolgar no Commander, visto o porte do SUV.

Além disso, a transmissão é automática de novas marchas e tração 4x4 também, com direito à reduzida e bloqueio de diferencial.

Como os modelos têm sido flagrados cada vez mais sem camuflagem, o lançamento, que será em 2024, pode estar cada vez mais próximo. Com a versão Blackhawk posicionada no topo do modelo, o preço pode ficar na casa dos R$ 350.000, mais do que os R$ 338.900 da atual configuração mais cara do Commander: a Overland TD380 4x4 a diesel.

Já o Compass Blackhawk poderá ter o preço de R$ 280.000, pouco mais do que os R$ 269.990 cobrados pela atual configuração topo de linha Trailhawk.

Receba as reportagens da Mobiauto via Whatsapp

Jeep Compass
Jeep Commander
Jeep Commander Blackhawk
Jeep Compass Blackhawk
Jeep Commander turbo
Jeep Compass turbo
SUV turbo
motor harricane
Ram Rampage
Jeep Commander versões
Jeep Compass versões
SUV médio

Comentários