Fusca ganha releitura elétrica chinesa e Passat ganha uma da… Hyundai?

Eles ainda não saíram do papel e podem nem frequentar as lojas, mas trouxeram boas lembranças dos clássicos da marca alemã
Por Renan Bandeira
15.04.2021 às 14h:53 • Att. há 22 dias
Eles ainda não saíram do papel e podem nem frequentar as lojas, mas trouxeram boas lembranças dos clássicos da marca alemã

Basta olhar as fotos para lembrar dos Volkswagen Fusca e Passat. Esses projetos asiáticos são elétricos e não são fabricados pela marca alemã, embora pareçam releituras dos clássicos que já foram vendidos pela montadora.

Vamos falar primeiro do “ônibus do tempo”. O veículo que bebe da mesma fonte do Fusca foi projetado pela marca chinesa ORA, que pertence à Great Wall e será apresentado pela primeira vez no Salão do Automóvel de Xangai, na China, na próxima semana.

Consulte o valor do seu carro na Tabela Fipe

Eles ainda não saíram do papel e podem nem frequentar as lojas, mas trouxeram boas lembranças dos clássicos da marca alemã

A inspiração no Fusca pode ser vista externamente nas linhas curvilíneas por toda carroceria, nos faróis arredondados, no pára-brisa retilíneo e nos pára-lamas traseiros com alojamento para lanterna. As diferenças ficam pelas linhas mais futuristas e pelas quatro portas.

Eles ainda não saíram do papel e podem nem frequentar as lojas, mas trouxeram boas lembranças dos clássicos da marca alemã

Por dentro, o volante lembra o conhecido cálice do velho Fusquinha, com aro externo de grande diâmetro e interno cromado em formato de meia-lua, que aciona a buzina. A diferença está na modernidade do console central, nos comandos elétricos na porta do motorista e nas saídas de ar-condicionado.

Eles ainda não saíram do papel e podem nem frequentar as lojas, mas trouxeram boas lembranças dos clássicos da marca alemã

Já o protótipo parecido com o Passatão, na verdade, é uma releitura do Hyundai Pony, que foi um hatch vendido pela marca no século passado, entre as décadas de 1970 e 1980, assim como o próprio VW Passat no Brasil.

Leia também: O que ninguém conta sobre os carros elétricos

Eles ainda não saíram do papel e podem nem frequentar as lojas, mas trouxeram boas lembranças dos clássicos da marca alemã

Embora seja feito para dar nova vida ao antigo Hyundai, as linhas do projeto são mais parecidas com as do Volkswagen. Basta observar a carroceria carregada de vincos, as duplas de faróis na dianteira, as setas nas extremidades do pára-choque dianteiro, a característica tampa do porta-malas e as lanternas horizontais.

A maior distinção em relação ao hatch fabricado no Brasil fica com os retrovisores, que estão dispostos nos pára-lamas dianteiros, parecidos com os dos Nissan Skyline ou de outros modelos asiáticos das décadas de 1960 e 1970, e não na coluna A, como se convencionou no Ocidente. 

Eles ainda não saíram do papel e podem nem frequentar as lojas, mas trouxeram boas lembranças dos clássicos da marca alemã

Já o interior mistura o estilo vintage dos grandes painéis horizontais - que lembra o do Ford Galaxie - com a tecnologia atual de mostradores digitais, e o volante contemporâneo com pegada mais esportiva e base reta.

Leia também: Está mais barato comprar este avião do que um Renegade, T-Cross ou Tracker

Eles ainda não saíram do papel e podem nem frequentar as lojas, mas trouxeram boas lembranças dos clássicos da marca alemã

Ambos os projetos ainda não saíram do papel. No caso da releitura visual do Fusca, não se sabe, de fato, quando será produzido, enquanto o Hyundai deve ter apenas uma unidade fabricada, que ficará exposta no estúdio da marca, em Busan, na Coreia do Sul.

Você também pode se interessar:

SUVs de até R$ 70 mil
VW Taos será assim e terá item “esquecido” do Nivus e T-Cross
Os melhores carros usados pelos R$ 10 mil de um iPhone 11 Pro Max
Você já pode assinar um carro da Audi como se fosse Netflix


Volkswagen PassatVolkswagen FuscaPassat elétricosFusca elétricoFusca chinêsPassat coreanoPassat da HyundaiFusca da Great WallCarros elétricosCarros clássicosCarros da VolskwagenVolkswagen

Comentários