Fiat terá 3 SUVs tamanho P, M e G no Brasil nos próximos anos

Vídeo do quadro “O Que Vem Pra Pista” conta os segredos dos três projetos, que serão lançados entre 2021 e 23
Por Leonardo Felix
16.11.2020 às 11h:00 • Att. há 7 meses
Vídeo do quadro “O Que Vem Pra Pista” conta os segredos dos três projetos, que serão lançados entre 2021 e 23

Projeção: @kdesignag

A Fiat demorou, mas finalmente acordou para o mercado de SUVs. Se antes a FCA pretendia concentrar os modelos utilitários esporte na marca Jeep, a enorme pressão da rede da marca italiana fez a empresa mudar de ideia e correr atrás do tempo perdido.

Por isso, nos próximos três anos a Fiat deve incluir não apenas um, mas sim três SUVs em seu catálogo, um para cada tamanho: “P, M e G”. É justamente sobre eles, como serão e como se posicionarão no mercado que trata o vídeo da vez do quadro O Que Vem Pra Pista.

Confira o valor do seu carro na Tabela Fipe

O SUV tamanho P

Vídeo do quadro “O Que Vem Pra Pista” conta os segredos dos três projetos, que serão lançados entre 2021 e 23

Projeção: @kdesignag

Comecemos pelo menor, o “tamanho P”. É o primeiro na lista de lançamentos, e deve ganhar o mercado em meados de 2021. Terá a plataforma MP-1 e herdará boa parte da estrutura do Argo, incluindo o entre-eixos de 2,52 metros.

Assim como ocorre com o VW Nivus em relação ao Polo, esse pequeno SUV de nome ainda desconhecido aproveitará muitos elementos da carroceria do hatch, como o para-brisa, a coluna A, o teto, as portas laterais e as suspensões. 

Por outro lado, terá dianteira e traseira exclusivos, além de chapas específicas para capô e para-lamas. A altura do solo será ampliada, as rodas serão novas e, por dentro, o modelo terá itens de acabamento mais modernos que os do Argo.

Vídeo do quadro “O Que Vem Pra Pista” conta os segredos dos três projetos, que serão lançados entre 2021 e 23
Projeção: @kdesignag

Leia também: VW Polo deve ficar assim até 2022, chegando perto dos R$ 100 mil

Conhecido internamente pelo código de projeto 363, o SUV marcará a estreia do motor 1.0 GSE três-cilindros turboflex, com 12 válvulas e injeção direta, aliado a um câmbio direct CVT, com engrenagem para otimizar arrancadas, e simulação de marchas. A potência estimada é de 125 cv com etanol e o torque, de 20 kgfm.

Seu posicionamento de mercado será justamente para encarar o Nivus e também o Honda WR-V e o novo Caoa Chery Tiggo 2, com faixa de preços entre R$ 70 mil e R$ 100 mil. A produção será em Betim (MG).

Leia também: Novo Toyota SW4 só sai da loja a diesel e por R$ 310 mil

O SUV tamanho M

Vídeo do quadro “O Que Vem Pra Pista” conta os segredos dos três projetos, que serão lançados entre 2021 e 23

Já falamos sobre este projeto, de código interno 376, algumas semanas atrás. Sua plataforma é a mesma do Argo, mas o porte será maior, médio, o que significa que a FCA adotará bitolas e carroceria 100% específicas para ele.

Será um SUV cupê, com traseira inspirada no conceito Fastback, do Salão do Automóvel de São Paulo de 2018. Ficará posicionado entre os Jeep Renegade e Compass flex em termos de preço, na faixa de R$ 100 mil a R$ 150 mil.

Sua chegada está prevista para o primeiro semestre de 2022, e ele trará sob o cofre tanto o motor 1.0 turboflex do SUV menor quanto o 1.3 quatro-cilindros 16V, também sobrealimentado, com potência na faixa de 150 cv e torque próximo aos 25 kgfm.

Leia também: Nova Hilux já é vendida por até R$ 250 mil. Veja preços e versões

O SUV tamanho G

Vídeo do quadro “O Que Vem Pra Pista” conta os segredos dos três projetos, que serão lançados entre 2021 e 23
Projeção: @kdesignag

Este é um projeto que vem sendo especulado há bons anos e que, ao que parece, enfim sairá do papel. Estamos falando de um SUV baseado na picape Toro, aproveitando toda sua estrutura monobloco em um veículo com teto fechado no lugar da caçamba.

De acordo com o site Autos Segredos, o modelo está planejado para ganhar as ruas ainda em 2022, mas nossa reportagem entende que isso não acontecerá antes do último trimestre daquele ano, com boas chances de ficar para 2023.

Terá dimensões similares às da Toro e uma terceira fileira de assentos para sete ocupantes. Seus motores devem ser os mesmos da picape reestilizada: 1.3 turboflex, porém com calibração na faixa de 180 cv, e 2.0 turbodiesel acima de 170 cv e 35,7 kgfm. Preços devem ficar entre R$ 150 mil e R$ 200 mil.

Veja mais detalhes dos projetos no vídeo:

Talvez você também se interesse por:

Exclusivo: novo Tiggo 2 turbo será lançado em abril de 2021
19 carros elétricos e híbridos que devem chegar ao Brasil em 2021
Chevrolet Tracker: o que o SUV mais vendido traz a R$ 120 mil? 

carro suvsuv compactosuv médiosuv grandefiat toro suvfiat argo suvsuv fiat

Comentários