Fiat Pulse, Tuo ou Domo: como será o SUV que Juliette ganhou no BBB 2021

Utilitário esportivo construído sobre a base do Argo será prêmio ao vencedor do reality e chega em setembro, mas ainda falta descobrir o nome
Por Leonardo Felix
05.05.2021 às 03h:19 • Att. há cerca de 2 meses
Utilitário esportivo construído sobre a base do Argo será prêmio ao vencedor do reality e chega em setembro, mas ainda falta descobrir o nome

Fiat Pulse, Tuo ou Domo: é por um desses nomes que se chamará o inédito SUV compacto derivado do Argo, que foi inteiramente revelado na final do Big Brother Brasil 2021, na noite desta terça-feira (4). E o vencedor do programa recebeu uma unidade como prêmio pela conquista.

Como nossa reportagem vem avisando desde janeiro, a estreia na final do BBB será uma avant première do modelo . Sua chegada efetiva às lojas ocorrerá não antes de setembro, porque é quando a produção do modelo em Betim (MG) começará em ritmo de série. Por enquanto, a unidade exibida na Globo não passa de protótipo.  

Anuncie seu carro sem pagar na Mobiauto 

Com a apresentação de Pulso, Tuo ou Domo, que até então vinha sendo chamado de Progetto 363 pela fabricante, a Fiat dará sequência a um processo gradual de revelação dos conteúdos, especificações, motorização e versões do Progetto 363. Mas nem tudo sobre o modelo é tão segredo assim.

Como a Mobiauto já contou há algumas semanas, por exemplo, o SUV será equipado com o ainda inédito motor 1.0 três-cilindros turboflex da família GSE, com potência estimada entre 120 e 130 cv e torque na casa de 20 kgfm. O câmbio será sempre automático de seis marchas nessa configuração.

As opções mais baratas podem receber o propulsor 1.3 Firefly 8V flex, naturalmente aspirado, com 101/109 cv. Elas seriam manuais de cinco marchas ou equipadas com uma caixa tipo CVT, a mesma que estará presente ainda em 2021 na picapinha Strada, e que deve compor em breve também as linhas d do hatch Argo e do sedan Cronos

Leia também: Carros mais vendidos de abril: Fiat faz dobradinha com Strada e Mobi

Utilitário esportivo construído sobre a base do Argo será prêmio ao vencedor do reality e chega em setembro, mas ainda falta descobrir o nome

Por falar neles, a plataforma do futuro SUV é a MP1, mesma de ambos. E sua relação com o Argo é bem parecida com a que vemos entre VW Nivus e Polo, ou entre Honda Fit e WR-V: ele aproveita boa parte da carroceria e da mecânica, como suspensões, arquitetura elétrica, portas laterais dianteiras, colunas A, para-brisa e alguns recortes de para-lamas, teto e capô.

De diferente, o utilitário esportivo receberá um balanço dianteiro com visual totalmente exclusivo, incluindo faróis e grade que lembram mais a nova Strada, embora com a parte superior do conjunto óptico dianteiro mais afilada e dois enormes recortes no para-choque para aumentar a robustez.

O capô mais alto as suspensões elevadas, conferindo um maior vão livre do solo, darão a Pulse, Tuo ou Domo o aspecto de SUV que a Fiat pretende. Todo o balanço traseiro terá visual igualmente próprio, com lanternas inspiradas no Alfa Romeo Stelvio e o nicho da placa aplicado ao centro da tampa do porta-malas.

Leia também: Carro que você compra tem quase 300 impostos e taxas imbutidos

Utilitário esportivo construído sobre a base do Argo será prêmio ao vencedor do reality e chega em setembro, mas ainda falta descobrir o nome

E, de forma inversa, o Progetto 363 estreará elementos que só serão aproveitados posteriormente pelo próprio Argo, pelo Cronos e pelo SUV cupê compacto-médio 376, previsto para chegar no ano que vem.

Um deles é o motor 1.0 GSE T3, um três-cilindros turboflex 12V com injeção direta e dotado do sistema de variação de tempo e amplitude de abertura das válvulas de admissão MultiAir. Com gasolina, tal usina rende 120 cv de potência e 19 kgfm de torque na Europa. Por aqui, com etanol, pode chegar à casa de 130 cv e 21 kgfm. O câmbio será sempre automático de seis marchas e a tração, 4x2 dianteira.

Isso nas opções intermediárias e de topo, já que as de entrada deverão contar com o já conhecido 1.3 Firefly flex, um quatro-cilindros naturalmente aspirado 8V de 101/109 cv e 13,7/14,2 kgfm com gasolina/etanol, em opções de casamento com câmbio manual de cinco marchas ou CVT.

Leia também: Os sedans que (ainda) custam menos de R$ 100 mil

Utilitário esportivo construído sobre a base do Argo será prêmio ao vencedor do reality e chega em setembro, mas ainda falta descobrir o nome

A adoção de portas laterais traseiras exclusivas pode significar uma mudança de distância entre eixos no comparativo com os 2.521 mm de Argo e Cronos, mas as dimensões do modelo ainda não foram reveladas pela Stellantis.

Outra novidade será o painel atualizado com quadro de instrumentos digital de 7 polegadas nas versões de topo (a ser herdado da nova Toro), além da nova geração da central multimídia UConnect, vista na nova Strada, incluindo projeção de celulares Android e Apple sem fio, Wi-Fi a bordo e sistema Fiat Connect Me, também presente na nova Toro e nos Jeep Compass e Renegade (sob o nome Adventure Intelligence).

Espera-se que o novato tenha valores entre R$ 80 mil e 110 mil, sendo posicionado abaixo do Jeep Renegade como SUV de entrada do grupo Stellantis no Brasil, para tentar brigar com VW Nivus, WR-V, como já dito, e também com o Caoa Chery Tiggo 3X.

Fiat terá três SUVs tamanho P, M e G nos próximos anos
Quais carros de Jeep e Fiat terão motor turbo (e quando chegam)
Assinar um Fiat ou Jeep custará de R$ 1.350 a R$ 4.730 por mês
Stellantis: como fusão afetará Fiat, Jeep, Citroën e Peugeot no Brasil

suv fiatfiat progetto 363carro suvsuv do bbbcarro do vencedor do bbbcarro suvsuv compactosuv pequenofiat tuofiat domofiat pulse

Comentários