Exclusivo: Toyota Corolla Cross, os itens que o SUV terá e o sedan não

Descobrimos quais serão as versões e os itens de série do SUV compacto-médio, que será lançado na segunda quinzena de março
Por Leonardo Felix
11.02.2021 às 21h:30 • Att. há cerca de 7 meses
Descobrimos quais serão as versões e os itens de série do SUV compacto-médio, que será lançado na segunda quinzena de março

Com Renan Bandeira

O Toyota Corolla Cross será lançado apenas na segunda quinzena de março. Entretanto, conforme a Mobiauto já noticiou em primeira mão, a rede da marca japonesa já vem realizando uma espécie de pré-venda velada do SUV, oferecendo um lugar privilegiado na fila pela sua aquisição através de um sinal de R$ 5.000.

Agora, descobrimos quais serão as versões e os itens de série do modelo, que compartilha com o Corolla sedan não apenas o nome, mas também a plataforma modular TNGA-C e os motores - 2.0 flex de 177 cv, com injeção variável entre direta e indireta, aliado a um câmbio CVT com engrenagem de arrancadas e simulação de dez marchas; 1.8 híbrido flex de 123 cv, gerenciado por uma caixa transeixo que emula um CVT.

Consulte o valor do seu carro na Tabela Fipe

Descobrimos quais serão as versões e os itens de série do SUV compacto-médio, que será lançado na segunda quinzena de março
Motor 1.8 híbrido será flex no Brasil. São 101 cv de potência no motor a combustão e 72 cv no motor elétrico, sendo 123 cv combinados 

Como não poderia deixar de ser, o utilitário esportivo compacto-médio herdará ainda a estrutura de versões e boa parte das tecnologias do irmão três-volumes. Só que com algumas diferenças importantes. 

Ao que tudo indica, as opções de topo Altis e Altis Hybrid devem usar apenas o propulsor híbrido flex. Além disso, o SUV terá alguns equipamentos ainda inexistentes no sedan, até para ajudar a justificar a faixa de preços (ainda) mais alta.

Descobrimos quais serão as versões e os itens de série do SUV compacto-médio, que será lançado na segunda quinzena de março
Esta unidade vermelha traz rodas mais simples, como devem ser na versão de entrada

Outra diferença é que os nomes usados pela fabricante para identificar as configurações, pelo menos no trato interno com seus revendedores, não são os mesmos das versões do Corolla sedan. A GLi, por exemplo, tem sido chamada de XR no caso do SUV, enquanto a XEi foi denominada XRE, a Altis, XRV e a Altis Premium, XRX.

A ver se se trata apenas de uma denominação interna ou se essas siglas serão adotadas também na oferta aos consumidores. De qualquer forma, Corolla Cross XR (GLi) e XRE (XEi) devem ser oferecidos apenas com motor 2.0, enquanto XRV (Altis) e XRX (Altis Premium) ficariam restritos à propulsão híbrida.

Leia também: Este é o novo Honda HR-V, que chega em 2022 e será híbrido

Descobrimos quais serão as versões e os itens de série do SUV compacto-médio, que será lançado na segunda quinzena de março
Nas configurações de topo, rodas devem ser aro 18 diamantadas

De série, o SUV terá em comum com o sedan na versão de entrada: chave canivete, alarme, trio elétrico com funções um-toque e antiesmagamento nos vidros, direção elétrica progressiva, sete airbags, controles de estabilidade e tração com assistente de rampas, faróis com acendimento automático, luzes diurnas de LED, bancos dianteiros com ajuste manual de altura, câmera de ré e central multimídia de 8” com projeção de celulares via Apple CarPlay Android Auto.

Leia também: Qual SUV comprar entre R$ 70 mil e R$ 80 mil? Veja 10 boas opções

Descobrimos quais serão as versões e os itens de série do SUV compacto-médio, que será lançado na segunda quinzena de março
Este painel é do Corolla Cross tailandês, país com trânsito em mão inglesa. Fizemos a inversão da imagem para visualizarmos melhor como ficará com o volante do lado esquerdo

No entanto, o Corolla Cross XR (ou GLi) já trará ar-condicionado digital, faróis de neblina em LED, sensores traseiros de estacionamento e quadro de instrumentos com tela digital de 7 polegadas, que o sedan não possui na versão equivalente. Além disso, suas rodas de liga leve já serão aro 17, enquanto as do irmão nesta configuração são de 16 polegadas.

As opções XRE do SUV e XEi do sedan são quase integralmente equiparadas tecnologicamente. Ambas contarão com chave presencial, partida do motor por botão, revestimento em couro sintético nos bancos, retrovisor interno eletrocrômico e controle de cruzeiro. A favor do SUV estarão basicamente os faróis full-LED.

Leia também: Novo Nissan Kicks chega às lojas em março. Veja o que terá

Descobrimos quais serão as versões e os itens de série do SUV compacto-médio, que será lançado na segunda quinzena de março
Quadro de instrumentos com tela digital de 7 polegadas deve vir de série em toda a gama

Na configuração XRV, similar à Altis do sedan, o Corolla Cross contará com rodas aro 18 e o pacote de segurança ativa TSS (Toyota Safety System), dotado de controle de cruzeiro adaptativo, frenagem autônoma anticolisão, assistente de manutenção em faixa e farol alto automático. Porém, o do SUV será mais completo, incluindo sensores dianteiros de estacionamento, assistente de ponto cego nos retrovisores externos e alerta de tráfego traseiro cruzado durante a ré.

Por fim, se o Corolla Altis Premium convencional já acrescenta retrovisores externos eletricamente rebatíveis, revestimento interno em couro marrom ou bege, limpador de para-brisa automático, ar digital de duas zonas, banco do motorista com regulagem elétrica e teto solar, o irmão Cross terá tudo isso mais carregador de celular por indução.

Leia também: Renault Kwid 2022 decreta morte do carro zero abaixo de R$ 40 mil

Descobrimos quais serão as versões e os itens de série do SUV compacto-médio, que será lançado na segunda quinzena de março
Console central é elevado e, nas versões mais caras, inclui faixas na mesma tonalidade do revestimento contrastante de bancos e painel

Os preços do Corolla Cross ainda não foram divulgados, mas se o sedan já está ocupando uma faixa entre R$ 120 mil e R$ 160 mil, seu irmão utilitário esportivo deve custar entre R$ 140 mil e R$ 180 mil, numa previsão mais otimista, ou entre R$ 150 mil e R$ 200 mil em uma mais pessimista, talvez realista.

Descobrimos quais serão as versões e os itens de série do SUV compacto-médio, que será lançado na segunda quinzena de março
Também no console ficam os comandos para os modos de condução (incluindo o EV, 100% elétrico) e um porta-celular. É ali que deve ficar o carregador por indução

O SUV será vendido em cinco opções de cores: prata, Cinza Granito, Branco Lunar, preto e Vermelho Granada. Haverá ainda uma opção de azul, reservada apenas às primeiras 1.200 unidades da série especial de lançamento, que terá ainda soleiras nas portas, estribos laterais e uma bandeja interna no porta-malas.

Com 4.460 mm de comprimento, 1.825 mm de largura, 1.620 mm de altura e 2.640 de entre-eixos, o Corolla Cross foi desenvolvido na medida para brigar com Jeep Compass - que será renovado em abril - e VW Taos - este com chegada prevista para maio.

Descobrimos quais serão as versões e os itens de série do SUV compacto-médio, que será lançado na segunda quinzena de março
Assim será o banco traseiro do Corolla Cross

Apesar de usar a mesma matriz do Corolla sedan, o xará Cross terá 6 cm a menos de distância entre eixos, medida aproveitada do Corolla hatch vendido na América do Norte. Por fim, sua suspensão traseira é por eixo de torção, enquanto a do três-volumes é do tipo independente, mais sofisticada.

Você também pode se interessar por:

Toyota Corolla Cross: como os japoneses farão um sedan virar SUV
Confirmado: Toyota Corolla Cross será lançado até abril de 2021
Novo Compass, Taos e Corolla Cross: diferenças de motor e dimensões
Estes 9 carros serão os principais lançamentos de 2021

Mobiauto: um jeito inteligente de comprar e vender carro

toyota corolla cross
suv toyota
toyota corolla suv
carro suv
suv médio
suv compacto
jeep compass
suv rival do jeep compass
rosto de óculos escuros

Comentários