Novo Jeep Compass flex terá 185 cv com etanol e será controlado pela Alexa

Série especial de lançamento do SUV renovado custará R$ 162.990. Chegada às lojas das versões flex será em maio, mas opções a diesel ficam para junho
Por Camila Torres
05.04.2021 às 14h:50 • Att. há cerca de 6 meses
Série especial de lançamento do SUV renovado custará R$ 162.990. Chegada às lojas das versões flex será em maio, mas opções a diesel ficam para junho

Como o “dia do 4x4”, 4 de abril, foi no Domingo de Páscoa, a Jeep aproveitou a segunda-feira (5) para anunciar a chegada de alguns produtos importantes. Primeiro, para matar a curiosidade de muitos, confirmou o visual e novas informações sobre o Compass 2022. 

O SUV renovado poderá entrará em pré-venda a partir desta tarde, sempre na série especial 80 Anos, que homenageia o octogenário da marca Jeep. Ela vem equipada com motor 1.3 turboflex T270, de 185 cv com etanol (são 180 cv com gasolina) e 27,5 kgfm de torque com qualquer combustível, além de câmbio automático de seis marchas.

O primeiro lote da pré-venda será limitado a 1.000 unidades, a R$ 162.990. No entanto, esses exemplares só devem ser entregues no começo de maio, mesmo prazo em que as primeiras unidades destinadas à venda geral devem chegar às lojas, sempre com motor turboflex. 

Série especial de lançamento do SUV renovado custará R$ 162.990. Chegada às lojas das versões flex será em maio, mas opções a diesel ficam para junho

Leia também: Novo Jeep Compass: 5 coisas que queríamos que mudasse no SUV

Já a configuração turbodiesel, que passará de 200 cv e terá como principal mudança a adoção de um tanque de Arla 32 para melhorar os índices de emissões de poluentes, ficará para junho.

Durante o evento, também foram apresentadas novas versões da série especial 80 anos do Jeep Renegade (R$ 123.490 com motor 1.8 flex e R$ 164.590 na versão 2.0 turbodiesel 4x4), Wrangler (R$ 385.990) e Grand Cherokee (R$ 496.990).

Além disso, lançou a plataforma Adventure Intelligence, serviço muito similar ao OnStar da Chevrolet, pois permite saber informações do carro e até controlá-lo pelo celular, computador ou smartwatch. 

A novidade é que a tecnologia inclui Wi-Fi a bordo, através de um chip de dados da operadora Tim, e permite um controle remoto de funções do veículo também pelo sistema Alexa. Ela estará presente na gama do Compass 2022 e também do Renegade.

Leia também: Jeep de 7 lugares: vimos SUV de perto e desvendamos alguns segredos

Versões e preços do novo Jeep Compass 2022

Série especial de lançamento do SUV renovado custará R$ 162.990. Chegada às lojas das versões flex será em maio, mas opções a diesel ficam para junho

O Compass 2022 ainda não teve todas as informações divulgadas. Até lá, vamos compartilhar tudo que já sabemos do modelo. Já conhecemos o novo visual externo, uma de suas motorizações, o valor de uma das versões, que ele terá o Adventure Intelligence e tanque de ureia na configuração a diesel.

Leia também: Quais carros de Jeep e Fiat terão motor turbo (e quando chegam) 

Sobre a série 80 Anos, ela será mantida em linha provavelmente até o final deste ano, assim como ocorrerá com Renegade, Wrangler e Grand Cherokee. Ficará posicionada entre as versões Longitude, na qual se baseia, e Limited, a de topo na gama com motor flex. Abaixo de todas elas estará a configuração de entrada, Sport. 

Nenhum outro preço foi revelado até o momento, mas a julgar pelo valor da série 80 Anos, é possível prever que a Jeep deve manter as etiquetas muito próximas aos do Compass 2021.


Versões e preços do antigo Compass 2021 que ainda está nas lojas:

Sport 2.0 AT: R$ 138.320

Longitude 2.0 AT: R$ 153.576

Limited 2.0 AT: R$ 175.953

Longitude 2.0 Turbodiesel AT9 4x4: R$ 195.321

Limited 2.0 Turbodiesel AT9 4x4: R$ 215.669

Trailhawk 2.0 Turbodiesel AT9 4x4: R$ 215.669

Série S 2.0 Turbodiesel AT9 4x4: R$ 236.016

Leia também: Fiat Toro 2022: entenda o que muda na picape que moldou um segmento 


Principais mudanças no visual do Jeep Compass

Série especial de lançamento do SUV renovado custará R$ 162.990. Chegada às lojas das versões flex será em maio, mas opções a diesel ficam para junho

● Novo para-choque frontal 

● Nova grade em cascata

● Faróis full-LED

● Falsa ponteira dupla de escape

● Central multimídia de 10,1 polegadas flutuante (com Android Auto, Apple CarPlay e Wi-Fi a bordo)

● Painel em faixas horizontais e em cores contrastantes

● Quadro de instrumentos 100% digital

● Novo volante

● Pacote 80 anos (Adventure Intelligence, acabamento externo escurecido em tom grafite, interior em Black Piano, revestimento interno do teto na cor preta e costuras exclusivas, além de badges e tags “80th” na parte externa e interna do carro)

Leia também: Fiat Toro 2022: entenda o que muda na picape que moldou um segmento 

O que é o Adventure Intelligence?

O Adventure Intelligence by Jeep Connect permite ao usuário controlar o carro a distância ou até mesmo sem o celular, pois com este sistema o carro também pode receber comandos via computador, smartwatch ou Alexa. 

Para ligar as lanternas ou destravar as portas do carro antes de encontrar o carro na garagem, por exemplo, o dono pode simplesmente dizer “Alexa, destrave as portas do meu Jeep”. 

Através do aplicativo, é possível ainda saber informações como o nível de combustível, quilometragem rodada, autonomia até o próximo abastecimento, prazo para futuras revisões e até se o carro está em algum recall.

É possível, também, programar uma viagem pelo Adventure Intelligence. O sistema, então, informará se o SUV precisa ser abastecido e quais os postos disponívels no trajeto.

Leia também: Novo Jeep Compass capota em teste e deixa ver o tanque de ureia

A plataforma estreará não no Compass 2022, mas sim na versão Série Especial de 80 anos do Jeep Renegade, chegando logo depois ao Compass reestilizado. Nas versões em que o serviço vem embutido de série, não há custo adicional para seu uso durante um ano.

No caso do Renegade, será possível incluir o serviço como opcional em outras versões, pelos seguintes preços: R$ 1.500 (Limited e Longitude flex); R$ 2.000 (Longitude e Trailhawk 4x4 diesel); R$ 2.500 (Moab 4x4 diesel). A fabricante não explicou por que há diferença de valores entre essas configurações.

No futuro, segundo a Stellantis, o serviço será disponibilizado aos modelos da Jeep, como Wrangler e Grand Cherokee. A má notícia é que modelos de anos-modelos mais antigos não poderão receber a tecnologia, que ficará disponível apenas às unidades com central multimídia mais atualizada.

Por fim, os veículos sairão de fábrica com um chip de dados 4G da Tim, para acesso a Wi-Fi nativo a bordo, assim como a Chevrolet faz com os novos Onix, Onix Plus e Tracker. Veja o que mais o serviço oferece:

Conveniência 

Informação do veículo (autonomia, km total, nível de combustível)

Mapa inteligente (informação do carro online o tempo inteiro)

Assistentes digitais 

Status de saúde 

Atualizações remotas

Operações remotas/ localização do veículo 

Assistência 

Chamada de emergência (exemplo: acidentes)

Assistência mecânica 

Assistente de recuperação de roubo/furto

Alarme preventivo de furto

Alertas de condução 

Pane mecânica (o sistema pode identificar o problema para enviar o reparo correto, sem necessidade do carro ser guinchado)

Entretenimento 

Wi-Fi embarcado para até oito pessoas

Apps de streaming de podcasts e audiobooks onboard


Motorização do novo Jeep Compass

Série especial de lançamento do SUV renovado custará R$ 162.990. Chegada às lojas das versões flex será em maio, mas opções a diesel ficam para junho

As versões de entrada e intermediárias do Jeep Compass reestilizado será munida pelo novo motor 1.3 GSE T4, um turboflex que entrega 180/185 cv de potência (gasolina/etanol) e 27,5 kgfm de torque (qualquer combustível). O câmbio será sempre automático de seis marchas nesta configuração, com tração dianteira.

O antigo motor 2.0 contava com 159/166 cv e 19,9/20,5 kgfm. Além de mais potente e “torcudo”, o motor 1.3 GSE T4 deve deixar o Compass mais econômico. Esse é o primeiro item da lista de desejos “Cinco coisas que gostaríamos que mudasse no Jeep Compass”. 

Mas só vamos descobrir se o modelo terá uma maior autonomia no lançamento oficial. Por enquanto, seguimos na expectativa de que o Compass faça mais que 6,1 e 7,5 km/l com etanol, e 8,8 e 10,8 km/l com gasolina. Não deve ser muito difícil. 

O conhecido motor 2.0 MultiJet turbodiesel continuará a equipar as versões mais caras do Jeep Compass, chegando ao mercado um mês depois e mantendo tanto a caixa automática de nove velocidades quanto a tração 4x4. 

Porém, o propulsor será recalibrado para mais de 200 cv e cerca de 40 kgfm, mas só saberemos a potência e o torque exatos no mês de lançamento, que será junho. O motivo do atraso não foi divulgado pela marca. 


Como adquirir um Jeep Compass na pré-venda?

Série especial de lançamento do SUV renovado custará R$ 162.990. Chegada às lojas das versões flex será em maio, mas opções a diesel ficam para junho

A pré-venda do novo Compass começa nesta segunda. Um lote de 1.000 exemplares da Série Especial de 80 anos será disponibilizado para aqueles que quiserem comprar a novidade antecipadamente.

A partir das 16h, os interessados que já são clientes Jeep terão prioridade para reservar o Compass reestilizado. Quem ainda não for cliente terá que esperar 48 horas para garantir o seu, isso se não se esgotarem os estoques, já que se trata de um dos carros mais aguardados de 2021.

Leia também: 20 carros que foram um fracasso no Brasil

A meta da Jeep é vender todo o lote em no máximo uma semana. O valor do sinal é de R$ 3.000. Para quem já tem um Renegade ou Compass, a fabricante irá pagar o valor da Tabela Fipe no modelo usado, para incentivar ainda mais o upgrade. 

Depois do pagamento acertado, o cliente terá o pedido confirmado por e-mail e receberá um kit com Echo Dot (4ª Geração) Smart Speaker com Alexa, nécessaire da coleção Compass e chaveiro da coleção de 80 anos. O faturamento será realizado em até 30 dias. 

No entanto, o interessado terá que comprar o novo Compass 80 Anos “às cegas”, já que as primeiras unidades para test-drive só começarão a chegar às lojas entre fim de abril e começo de maio. Caso o cliente se arrependa depois que o modelo for apresentado, a Jeep promete devolver o valor integralmente. 

Talvez você também se interesse: 

Novo Jeep Compass: 5 coisas que queríamos que mudasse no SUV
O que o SUV Jeep de 7 lugares herda do Compass e o que é só dele
22 SUVs que serão lançados no Brasil em 2021
Novo Jeep Compass capota em teste e deixa ver o tanque de ureia
VW Taos: onde ele ganha e onde perde do Compass em dimensões

Lançamento
SUV
Jeep Compass
rosto de óculos escuros

Comentários