Toyota Corolla Cross nas lojas em 25 de março. Veja qual versão venderá mais

Concessionários já oferecem SUV para reserva a preços-base de R$ 165.000 e R$ 199.000, e apontam qual configuração deve ter mais saída
Por Renan Bandeira
22.02.2021 às 23h:07 • Att. há 12 dias
Concessionários já oferecem SUV para reserva a preços-base de R$ 165.000 e R$ 199.000, e apontam qual configuração deve ter mais saída

 A data de lançamento do Corolla Cross já foi revelada, e quem acompanha a Mobiauto sabe que o SUV estreia oficialmente no Brasil em 11 de março

A nossa reportagem apurou agora que a data de chegada do modelo às lojas é um pouco mais distante: 25 de março, com test-drive liberado apenas na semana seguinte, de acordo com o cronograma de marketing enviado pela Toyota aos seus concessionários.

Aquela lista de pré-pré-venda noticiada aqui chegou ao fim, e os interessados que deixaram seus nomes para a compra do SUV serão contactados pelas lojas para efetivar o pedido - que ainda não teve valores fixados nas versões, mas que terá preços-base de R$ 165.000 nas versões convencionais e R$ 199.000, nas híbridas.

Consulte o valor do seu carro na Tabela Fipe

Isso significa que os lojistas estão negociando as duas versões 2.0 flex (XR e XRE) pelo valor de R$ 165.000. Quando os preços forem divulgados, caso ambas ou uma delas tenha valor menor, a diferença será reembolsada. Caso tenham valor mais alto, o comprador terá de pagar o restante.

A mesma lógica servirá para as duas versões híbridas (XRV e XRX), o que significa que podemos ter alguma versão do Corolla Cross acima de R$ 200.000.

Como já foi adiantado em primeira mão pela reportagem da Mobiauto, o Corolla Cross terá quatro versões no Brasil: XR, XRE, XRV e XRX. O que ainda não foi divulgado, mas nossa reportagem descobriu, é que a expectativa da marca é ocupar 70% do volume de vendas com as versões 2.0 flex, e 30% com as híbridas.

Concessionários já oferecem SUV para reserva a preços-base de R$ 165.000 e R$ 199.000, e apontam qual configuração deve ter mais saída

A configuração XRE, equipada com o motor 2.0 flex de 177 cv, com injeção variável entre direta e indireta, e gerenciado pela caixa CVT com engrenagem de arrancadas e simulação de dez marchas, deve concentrar sozinha 65% da produção.

Já a de topo, XRX, empurrada pelo trem de força híbrido flex 1.8 de 123 cv - gerenciado por uma caixa transeixo que emula um CVT -, responderá por aproximadamente 25% das vendas. A de entrada XR e a híbrida intermediária XRV devem ficar com 5% dos emplacamentos cada.

Leia também: Novo Compass, Taos e Corolla Cross: as diferenças de motores e dimensões

A configuração mais equipada servirá de base para a edição especial de lançamento do Corolla Cross, que terá entre os itens de série, carregador por indução, soleira iluminada, estribo lateral e bandeja de porta-malas, que devem ser oferecidos em pacotes adicionais nas versões de linha.

Leia também: Novo Honda HR-V é mistura de Chery com Strada e Nivus

A série limitada terá 1.200 unidades e sua cor azul ainda é um mistério. No entanto, segundo os lojistas, a lista de interessados nela já conta com vários nomes e é bom não bobear, porque deve ser liquidada em pouco tempo, assim como aconteceu nas pré-vendas de VW Nivus e Ram 1500.

Você também pode se interessar por:

Toyota Corolla Cross: como os japoneses farão um sedan virar SUV
Confirmado: Toyota Corolla Cross será lançado até abril de 2021
Novo Compass, Taos e Corolla Cross: diferenças de motor e dimensões
Estes 9 carros serão os principais lançamentos de 2021


Toyota SUV da ToyotaCorolla CrossLançamento Corolla CrossPreços Corolla CrossTest-drive Corolla CrossSUV do Corolla
Comentários