Avaliação: Chevrolet Tracker é um SUV urbano

O Chevrolet Tracker é um SUV mais do asfalto do que da terra. O desempenho do SUV nas ruas agrada, mas no ambiente off-road deixa a desejar.

Imagem de Camila Torres

Camila Torres

Jornalista Automotiva

8 de Janeiro de 2020 às 14:26

·

Atualizado há 6 meses

Avaliação: Chevrolet Tracker é um SUV urbano

Imagem de Camila Torres

Camila Torres

Jornalista Automotiva

8 de Janeiro de 2020 às 14:26

·

Atualizado há 6 meses

Depois de avaliar o Chevrolet Tracker, é possível afirmar com precisão que ele é um SUV manso da performance ao design, mas espertíssimo nas aceleradas. E é essa é uma das caracteristicas que o manteve entre os 50 carros mais vendidos do Brasil em 2019. Isso pode ser positivo ou negativo, tudo depende do que o consumidor está procurando. 

Os que buscam um utilitário esportivo raiz, que encare qualquer situação off-road certamente não vão levar o  Chevrolet Tracker para casa. Mas por outro lado, o mesmo Tracker está entre as primeiras opções da lista de quem deseja a estética de um utilitário esportivo casada a um bom desempenho no asfalto, para facilitar o entendimento, podemos chamar de “SUV urbano”.

Confira ofertas do Chevrolet Tracker

Versões e preços Chevrolet Tracker 2019

LT: R$ 94.990
Premier: R$ 106.990
Midnight: R$108.990

Consulte o valor do seu carro na Tabela Fipe

Design

O Chevrolet Tracker tem um visual muito mais amigável do que agressivo. A ausência de vincos mais expressivos é uma das características que contribui para isso. A dianteira é marcada pela discreta grade hexagonal de cinco barras com contorno cromado e os faróis que se estendem até a lateral da carroceria. 

As maçanetas também receberam detalhes em cromado. As rodas são de alumínio aro 18. A traseira não tem muitos vincos ou traços que se destacam, o que mais chama atenção são as lanternas posicionadas na vertical.

O modelo é agradável aos olhos, mas não consegue personificar o DNA de um SUV. É robusto, mas não é imponente. É forte, mas não é destemido. É um SUV para rua e não para encarar tudo o que vier pela frente. 

Por que o Chevrolet Onix é o carro mais vendido do Brasil?

Espaço 

Para uma viagem confortável no Chevrolet Tracker, o ideal é ter no máximo quatro ocupantes. O espaço interno é bem acertado. A distância entre o banco traseiro e o encosto dos assentos dianteiros é o suficiente para que até pessoas mais altas não fiquem com as pernas apertadas. A altura poderia ser um pouco maior, pois adultos com mais de 1.85 m ficam com o teto próximo demais da cabeça, o que gera uma sensação incômoda. 

O porta-malas lembra muito o de um carro hatch, são apenas 306 litros de capacidade. O que reforça que é melhor não viajar com mais de quatro pessoas. Além do desconforto para os três sofredores, que vão atrás quase sem espaço para se movimentar, talvez não tenha lugar para a mala de todos. 

Como se pode ver, as dimensões do SUV não são as mais avantajadas. Para informações mais específicas, vamos as medidas exatas:  4258 mm de comprimento, 2555 mm de entre eixos, 1776 mm de largura e 1678 mm de altura.

Leia também: Avaliação Hyundai Creta

Desempenho

As três versões do Chevrolet Tracker contam com praticamente a mesma configuração mecânica: motor 1.4 Turbo com injeção direta, caixa de câmbio automática de seis velocidades e tração dianteira. O propulsor entrega 150 cavalos e 24 kgfm de torque com gasolina, e 153 cavalos e 24,5 kgfm de torque com etanol.

A combinação motor e câmbio funciona bem, pois, o motor Turbo entrega força e potência suficiente para atender as expectativas nas aceleradas, retomadas e ultrapassagens. Mas por outro lado, deixa a desejar nas curvas e vias esburacadas pela suspenção ‘molenga’, dando uma sensação de falta de estabilidade.  

No geral, a impressão que fica mais em evidência após dirigir o Tracker é o conforto que se sente ao volante, principalmente nos congestionamentos cansativos de uma metrópole, combinado as respostas ágeis onde se é possível explorar um pouco mais o motor turbo.  Esse conjunto faz do Tracker não só um SUV gostoso de dirigir, mas versátil. 

Leia também: Avaliação do Jeep Renegade

Consumo

Assim como o Jeep Renegade e Hyundai Creta, a autonomia não é o ponto forte do Chevrolet Tracker Premier. O modelo abastecido com etanol faz 7,3 km/litro na cidade e 8,2 km/litro na estrada, com gasolina faz 10,6 km/litro na cidade e 11,7 km/litro na estrada. O que resultou em uma nota ‘D’ na Classificação PBE Relativa da Categoria. 

Diante desse cenário, quem mais leva vantagem é o Volkswagen T-Cross 200 TSI automático que com etanol tem a autonomia de 7,6 km/litro na cidade e 9,5 km/litro na estrada, com gasolina passa para 11 km/litro na cidade e 13,5 km/litro na estrada. 

Leia também: Avaliação Ford EcoSport

Segurança

Além dos obrigatórios airbags frontais e Isofix, dentre os principais itens de segurança do modelo estão: cinto de segurança de três pontos para todos passageiros, aviso sonoro do cinto de segurança, alarme antifurto, alerta de movimentação traseira (em marcha ré), alerta de Ponto Cego, brake light, controle de tração e estabilidade, faróis e lanterna de neblina e sistema de imobilização do motor. 

Confira ofertas do Chevrolet Tracker

Talvez você também se interesse:

Nissan Kicks e Hyndai Creta
10 SUVs 2019 de até 100 mil
6 SUVs novos de até 70 mil
4 SUVs 2019 de até 80 mil
10 Carros do Cristiano Ronaldo que vão de 300 mil a 48 milhões

Comentários

Outras notícias

Notícias de Avaliação que possam te interessar

Comparativo

Comparativo Volkswagen T-Cross ou Chevrolet Tracker?

Volkswagen T-Cross larga na frente no desempenho, mas Chevrolet Tracker leva vantagem no consumo.

Avaliação

As novidades do Hyundai Creta 2020

Veja o que mudou do Creta 2019 para o Creta 2020

Avaliação

Avaliação Audi Q5

A linha 2019 do Audi Q5 oferece 5 versões

Avaliação

Avaliação Toyota SW4 SRX Diesel

A linha 2020 do Toyota SW4 se apresenta em 6 versões

Outras notícias

Notícias de Avaliação que possam te interessar

Comparativo

Comparativo Volkswagen T-Cross ou Chevrolet Tracker?

Volkswagen T-Cross larga na frente no desempenho, mas Chevrolet Tracker leva vantagem no consumo.

As últimas notícias

Novidades, eventos, avaliações e muito mais

Notícias

Carros mais vendidos no primeiro semestre de 2020 por categoria

Veja os carros mais vendidos de cada categoria no primeiro semestre de 2020. Fiat Strada passa Jeep Renegade no ranking.

Notícias

Cinco dos dez carros mais vendidos em junho no Brasil são SUVs

Estão entre os carros mais vendidos de junho: VW T-Cross, Chevrolet Tracker, Hyundai Creta e os irmãos Jeep Compass e Renegade

Game

Lucas Torres não cumpre promessa de esmagar o time do Zeca Chaves

Zeca Chaves ganha de Carro Chefe, mas ambos continuam na disputa pelo carro 0km.

Comparativo

10 Crossovers e SUVs mais econômicos do Brasil

Qual o SUV/crossover mais econômico do Brasil? Chevrolet Tracker, Volkswagen Nivus, Nissan Kicks e Suzuki Vitara estão entre os mais econômicos.

As últimas notícias

Novidades, eventos, avaliações e muito mais

Notícias

Carros mais vendidos no primeiro semestre de 2020 por categoria

Veja os carros mais vendidos de cada categoria no primeiro semestre de 2020. Fiat Strada passa Jeep Renegade no ranking.