Avaliação Volkswagen T-Cross

O VW T-Cross oferece 3 versões e se destaca na parte de conforto, espaço e tecnologia.

Imagem de Mayara Sauer

Mayara Sauer

Jornalista Automotiva

31 de Julho de 2019 às 18:09

·

Atualizado há um ano

Avaliação Volkswagen T-Cross

Imagem de Mayara Sauer

Mayara Sauer

Jornalista Automotiva

31 de Julho de 2019 às 18:09

·

Atualizado há um ano

Expectativa é a palavra de ordem para o primeiro SUV compacto produzido pela Volkswagen. O teste drive foi feito com a versão intermediária, Comfortline 200 TSI, 1.0 – câmbio automático. Vale lembrar que ainda existem a versão de entrada TSI 200, com a opção de câmbio manual ou automático, e a topo de linha Highline 250 TSI, somente automático. Veja vídeo completo da avaliação aqui.

Versões: 

200 TSI 1.0: R$ 84.990,00

Comfortline 200 TSI 1.0: R$ 99.990,00

Highline 250 TSI 1.4: R$ 109.990,00

Design: 

As linhas de cintura do T-Cross são sóbrias. O preto brilhante na grade frontal, na coluna B e nos retrovisores dão um toque de agressividade ao carro. Os detalhes cromados no para-choque e os faróis full LED trazem sofisticação para o compacto. As lanternas também são em LED são interligadas por essa barra preta, que dão uma sensação de achatamento do veículo. O acabamento no interior é simples. Possui muito plástico rígido para um carro que custa 100 mil reais. Os bancos são revestidos de tecido, mas tem como opcional os bancos de couro.

Espaço e Conforto:

O porta-malas tem duas opções de capacidade. Com os bancos sem estar rebatidos, ele tem 373 litros. Assim supera Renegade e Ecosport. Ajustando o banco de trás, de forma que fique ereto, o porta-malas passa a ter 420 litros. Pode até caber mais coisas, mas o passageiro que vai sentado no banco traseiro, fica em uma posição ereta, que pode gerar desconforto.  Vale ressaltar que mesmo o porta-malas assim, não consegue superar o tamanho nem o Creta, nem o Kicks e nem HRV. 

Por outro lado, de espaço interno, o T-Cross é bem generoso. O carro segue a plataforma MQB da Volkswagen, a mesma do Virtus, Polo e Tiguan. O entre-eixos tem 2,65 metros, o maior da categoria. Por esse motivo, os passageiros que se sentam no banco traseiro ficam bem acomodados, inclusive quem vai no centro. O assoalho tem o túnel central um pouco elevado, mas não incomoda tanto o passageiro do meio, porque o espaço atrás é amplo. Três adultos conseguem sentar-se no banco traseiro sem dificuldades de acomodação. Tem encosto de cabeça para os três passageiros e cinto de 3 pontos, além de saídas de ar condicionado e duas saídas USB.

Conectividade:

O SUV tem um suporte para smartphone localizado em cima do painel, que auxilia o motorista a ter acesso às informações do celular, evitando ser multado no trânsito, por estar com o aparelho na mão. Você também pode acessor a alguns aplicativos do celular, a partir do Android Auto e o Apple Car Play. A tela da versão testada é sensível ao toque e 6,5 polegadas.

Desempenho, Consumo e Dirigibilidade:

O motor é 1.0 TSI de 3 cilindros. Rende 128 cavalos de potência e 20,4 kgfm. Mesmo sendo 1.0, é um motor esperto, ágil, com retomadas rápidas. Tem um bom comportamento tanto no ambiente urbano, quanto em rodovias. Se você precisar fazer uma ultrapassagem, o T-Cross responde bem, atingindo de 100 km/h em 10,4 segundos. O SUV oferece 4 modos de condução, que varia do econômico ao mais esportivo. Na parte de consumo, possui bons números. Por exemplo, na gasolina, faz 11 km/l na cidade e 13,2 km/l na estrada. Considerado econômico para a categoria de SUV.

A direção do T-Cross é elétrica. O volante é leve, porém firme. A suspensão é macia. O câmbio é automático de 6 marchas, realiza a troca de forma silenciosa e no tempo certinho. E ainda dá pra extrair mais do motor com as trocas manuais, nas aletas que ficam atrás do volante ou na própria alavanca.

Confira ofertas do T-Cross

Segurança:

Na parte de segurança, o T-Cross é bem equipado. Conta com 6 airbags, sistema isofix e ainda vem com controle de tração e estabilidade, controle de velocidade, sensores dianteiros também, que auxiliam na condução segura, assim como câmera de ré e sensores traseiros. Além disso, possui sistema de frenagem pós-colisão, que permite que o carro acione o sistema de frenagem assim que ocorre a primeira colisão evitando que um possível acidente se agrave.

Compraria?

O pacote de tecnologias embarcadas, tanto na parte de segurança quanto em conectividade, compensa a demora para o lançamento do T-Cross. É preciso admitir que ele tem um preço mais elevado em relação à concorrência. Mas se você é o tipo de consumidor que prioriza espaço e conforto, o VW T-Cross cumpre bem esses quesitos, mesmo se tratando de uma versão intermediário. Além disso, é um SUV apropriado para uso urbano e para realizar viagens mais longas, embora não esteja preparado para aventuras fora de estrada.

Talvez você também se interesse:

Avaliação Hyundai Creta

4 SUVs 2019 de até 80 mil

Comparativo Compass e HR-V

Comentários

Outras notícias

Notícias de Avaliação que possam te interessar

Comparativo

Comparativo Volkswagen T-Cross ou Chevrolet Tracker?

Volkswagen T-Cross larga na frente no desempenho, mas Chevrolet Tracker leva vantagem no consumo.

Avaliação

As novidades do Hyundai Creta 2020

Veja o que mudou do Creta 2019 para o Creta 2020

Avaliação

Avaliação: Chevrolet Tracker é um SUV urbano

Confira na avaliação do Chevrolet Trckar os motivos para considerar o modelo mais urbano do que off-road.

Avaliação

Avaliação Audi Q5

A linha 2019 do Audi Q5 oferece 5 versões

Outras notícias

Notícias de Avaliação que possam te interessar

Comparativo

Comparativo Volkswagen T-Cross ou Chevrolet Tracker?

Volkswagen T-Cross larga na frente no desempenho, mas Chevrolet Tracker leva vantagem no consumo.

As últimas notícias

Novidades, eventos, avaliações e muito mais

Notícias

Carros mais vendidos no primeiro semestre de 2020 por categoria

Veja os carros mais vendidos de cada categoria no primeiro semestre de 2020. Fiat Strada passa Jeep Renegade no ranking.

Notícias

Cinco dos dez carros mais vendidos em junho no Brasil são SUVs

Estão entre os carros mais vendidos de junho: VW T-Cross, Chevrolet Tracker, Hyundai Creta e os irmãos Jeep Compass e Renegade

Game

Lucas Torres não cumpre promessa de esmagar o time do Zeca Chaves

Zeca Chaves ganha de Carro Chefe, mas ambos continuam na disputa pelo carro 0km.

Comparativo

10 Crossovers e SUVs mais econômicos do Brasil

Qual o SUV/crossover mais econômico do Brasil? Chevrolet Tracker, Volkswagen Nivus, Nissan Kicks e Suzuki Vitara estão entre os mais econômicos.

As últimas notícias

Novidades, eventos, avaliações e muito mais

Notícias

Carros mais vendidos no primeiro semestre de 2020 por categoria

Veja os carros mais vendidos de cada categoria no primeiro semestre de 2020. Fiat Strada passa Jeep Renegade no ranking.